Maisa Silva é vacinada contra a Covid-19 e se revolta ao ser acusada de furar a fila

Maisa Silva
Maisa Silva é vacinada contra a Covid-19 e se revolta ao ser acusada de furar fila (Imagem: Reprodução / Instagram)

Maisa Silva foi mais uma das famosas que pôde tomar a vacina contra a Covid-19 e, como de costume, fez do momento um evento especial e incentivou seus seguidores a fazer o mesmo, assim que possível. No entanto, ela foi acusada de “furar a fila” e se revoltou com as insinuações nas redes sociais.

A apresentadora tem 19 anos de idade e foi imunizada contra o novo coronavírus em São Bernardo do Campo (SP), cidade em que nasceu e que já está realizando um mutirão para terminar de vacinar os adultos. O evento foi antecipado, com público agendado, assim agilizando o Plano Estadual de Imunização.

No Instagram, Maisa postou selfies e vídeo do momento em que recebia a injeção tão aguardada, e comemorou: “Vacina da Geração Z também tá no grau, mami! Acredito na ciência, no combate à pandemia e respeito os vários profissionais da saúde dedicados a cuidar do nosso país num momento tão difícil onde temos como inimigos o vírus, o negacionismo, o desemprego, a incerteza, etc.
Vacina sim”.

Finalizando a legenda da publicação, a artista passou a mensagem motivando a imunização coletiva e até sugeriu que seus fãs postassem fotos: “Nós jovens temos que fazer nossa parte também. Lembre seus amigos e sua família de que os cuidados continuam, mas a vacina é essencial! Juntos, vamos vencer. Fica aqui o meu respeito a todos que perderam seus amados pra esse vírus terrível”.

Já em seu perfil do Twitter, Maisa Silva foi clara ao explicar que não se aproveitou da fama para se vacinar e sim que a sua faixa etária já está sendo contemplada: “Pronto já tem burro no Instagram falando que eu furei a fila e que minha comorbidade é ser famosa [risos]. Meus amores, informem-se. Estou seguindo o calendário da minha cidade. Esperei muito por isso. Licença”.

Além disso, a namorada de Nicholas Arashiro negou que tenha desestimulado seu público depois de falar que sentiu dores no braço, efeito colateral leve e comum: “Nossa eu duvido! De no mínimo 15 tweets meus, post no Instagram, Stories, TikTok… Todos incentivando a vacina! Não só hoje como venho fazendo há meses… Pegar esse único e falar isso é no mínimo sacanagem. Ainda que todo mundo falou a mesma coisa deste efeito [risos]”.

Confira:

MAIS LIDAS

Matheus Henrique Menezes
Oficialmente redator desde 2017. Experiências como editor e social media. Já escrevi sobre famosos, TV, novelas, música, reality show, política e pauta LGBTI+. Vídeos complementares no YouTube, no canal Benzatheus.
Veja mais ›