Marcos Mion responsabiliza Nossa Senhora Aparecida após cura na família

Marcos Mion
Marcos Mion entrega cura da esposa Suzana Gullo (Imagem: Reprodução / Instagram)

Marcos Mion responsabilizou Nossa Senhora Aparecida pela cura do câncer de mama de sua esposa, Suzana Gullo, em 2016. O apresentador da Globo concedeu uma entrevista à TV Vanguarda, afiliada do canal, e falou sobre a sua devoção à santa.

“Nós fomos até o Santuário agradecer. Aquela imagem muito forte, é muito impactante, a Suzana entrou de joelhos. Nós dois estávamos muito emocionados. E essa é apenas uma. São muitas histórias porque Nossa Senhora está sempre com a gente”, garantiu. “Sempre”, reforçou.

“A gente tem uma relação muito intensa com Nossa Senhora, que ela faz parte do nosso dia a dia, de toda a família. Todos os dias falamos dela, falamos sobre ela, conversamos com ela. Pedimos. Agradecemos”, revelou o apresentador do Caldeirão. A foto mencionada por Marcos Mion foi exposta em seu perfil no Instagram.

Censura religiosa

Recentemente, Mion disse que não podia usar camiseta na Record em razão da sua tatuagem de Nossa Senhora no antebraço. Ele também declarou que não questionava a decisão, pois entendia o manual de conduta da empresa.

“Minha saída nunca virou assunto porque o que sinto pela Record é uma gratidão sem fim e todas entrevistas que tentaram me pegar numa aspa que gerasse treta não conseguiram, porque sempre faço o lado bom superar qualquer outra situação. É um exercício diário, em qualquer situação”, escreveu.

Marcos Mion acrescentou: “Agora, eu não poder usar camiseta por conta da Nossa Senhora que tenho no antebraço é um fato”.

“Não tem amargura ou ingratidão da minha parte! Eu sempre aceitei e respeitei a decisão deles! É uma diretriz da empresa, assim como qualquer empresa tem suas crenças e pilares. Normal”, contou.

O contratado da Globo revelou que se desculpava com a santa à noite, após seu trabalho, e que, em algumas ocasiões, a Record cortava suas menções à Nossa Senhora.

“O problema era meu que tinha que me desculpar toda noite com Nossa Mãezinha, pedindo para ela me entender. Que, apesar da minha devoção, eu amava meu trabalho, todas as pessoas e o que a gente criava lá. Eu citava Nossa Senhora por conta da minha crença e eles editavam por conta da crença deles e tá tudo certo”, explanou.

Confira:

MAIS LIDAS

Paulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email [email protected].
Veja mais ›