Martinho da Vila fala sobre “revolta da vacina” e ataca Bolsonaro

Martinho da Vila
Martinho da Vila relembra contexto histórico da ‘Revolta da Vacina’ e critica Bolsonaro (Imagem: Reprodução / Instagram)

Martinho da Vila, que seria homenageado no Carnaval deste ano com um enredo baseado em sua história, deu uma entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo e fez críticas ao cancelamento da folia em 2021.

O sambista aproveitou para fazer duras críticas ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sobre a ineficácia diante da vacinação da população contra a Covid-19.

“O Brasil tá complicado, as coisas pioraram muito. Os contrastes sociais, a pobreza e a criminalidade aumentaram. Parece que estamos revivendo a Revolta da Vacina, e o presidente [Jair Bolsonaro] também ajuda nisso [com comentários críticos à imunização]. O chefe ajuda e tem seus seguidores. O retrocesso está ocorrendo de maneira clara. Eu acho que a gente vai ter de aturar ele [Bolsonaro] por mais tempo”, disse o famoso.

Martinho da Vila ainda disse que gosta do contato com as pessoas, mas que vem evitando e tem tomado as devidas precauções por conta da pandemia de Coronavírus: “Eu gosto de falar com as pessoas e apertar a mão, mas não dá mais”.

O cantor ainda concordou que nem apenas adiar o Carnaval para o meio do ano seria uma decisão sensata, e que aguarda o retorno pacientemente:

“Fazer um carnaval em julho, com este país ainda sofrendo com a pandemia, não ia ser legal. A gente tá vivendo tudo diferente, essa confusão total, que a gente não tá nem com a cabeça muito carnavalesca. No ano que vem, já vai dar pra fazer legal, vai ser bom.”

AvatarDa Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›