Mudança de fase faz Éramos Seis perder audiência

Éramos Seis
Júlio (Antonio Calloni), Lola (Gloria Pires) e os filhos Isabel (Giullia Buscacio), Carlos (Danilo Mesquita), Julinho (André Luiz Frambach) e Alfredo (Nicolas Prattes) em Éramos Seis (Imagem: Divulgação / Globo)

A semana que marcou a mudança de fase de Éramos Seis, de 4 a 9 de novembro, foi a de menor audiência da novela das 18h, de acordo com dados obtidos na Grande São Paulo. O público não demonstrou interesse pelos filhos crescidos de Lola (Gloria Pires) e Júlio (Antonio Calloni). Bom Sucesso também bateu recorde negativo; já A Dona do Pedaço, na reta final, manteve números altos.

Éramos Seis registrou 20,1 pontos; na semana anterior (28 de outubro a 2 de novembro) foram 20,4. O enredo de Ângela Chaves destacou o crescimento de Carlos (Xande Valois / Danilo Mesquita), Alfredo (Pedro Sol / Nicolas Prattes), Julinho (Davi de Oliveira / André Luiz Frambach) e Isabel (Maju Lima / Giullia Buscacio). Alfredo e o pai, aliás, seguem em pé de guerra.

Já Bom Sucesso trouxe o romance de Paloma (Grazi Massafera) e Marcos (Romulo Estrela). O namorico que irrita as filhas dela rendeu 28,5 pontos para o folhetim de Rosane Svartman e Paulo Halm; os capítulos da semana anterior ficaram com 29,1. Também a morte de Felipe (Arthur Sales), numa arapuca de Diogo (Armando Babaioff) – interessado em liquidar William (Diego Montez).

A prisão de Josiane (Agatha Moreira) fez A Dona do Pedaço consolidar 39,3 pontos, abaixo dos 40,1 da semana anterior. Na trama de Walcyr Carrasco, a filha de Maria da Paz (Juliana Paes) traçou estratégias para se livrar da condenação por assassinatos e pela tentativa de matar Téo (Rainer Cadete). Ainda, a celebração de Maria da Paz (Juliana Paes) e Vivi (Paolla Oliveira), após descobrirem que são tia e sobrinha.

Ainda, 17,1 para Malhação – Toda Forma de Amar. A narrativa de Emanuel Jacobina cresceu com as investidas de Rui (Rômulo Neto) de se aproximar da filha que tivera com Rita (Alanis Guillen) – adotada por Lígia (Paloma Duarte) e Joaquim (Joaquim Lopes). E o ataque homofóbico sofrido por Guga (Pedro Alves) e Serginho (João Pedro Oliveira). Na semana anterior, foram 16,7 pontos.

Já Avenida Brasil em Vale a Pena Ver de Novo fechou com 16,8 pontos, ligeiramente acima dos 16,7 da semana anterior. A produção escrita por João Emanuel Carneiro trouxe o plano de Nina (Débora Falabella) para impedir que Carminha (Adrina Esteves) descubra sua verdadeira identidade; ela planeja fazer com que a vilã acredite que Betânia (Bianca Comparato) é Rita.

Duh Secco é “telemaníaco” desde criancinha. Em 2014, criou o blog “Vivo no Viva”, repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.

WordPress Lightbox