Murilo Benício relembra Chocolate com Pimenta, disponível no Globoplay

Murilo Benício
Murilo Benício como Danilo em Chocolate com Pimenta; ator lembrou gravações da novela de Walcyr Carrasco (Imagem: Divulgação / Globo)

Murilo Benício lembrou as gravações de Chocolate com Pimenta (2003-2004). O ator protagonizou a novela, escrita por Walcyr Carrasco, juntamente com Mariana Ximenes, e que acaba de ser disponibilizada no Globoplay. 

“Chocolate com Pimenta representa um período muito feliz da minha carreira trabalhando com amigos, me divertindo muito e tendo a felicidade de ter feito sucesso que ela fez. Acho incrível como esta novela ficou no coração das pessoas. Talvez por um conjunto bastante puro de sentimentos e ingenuidade de uma época. Quis fazer o personagem Danilo como anti-herói e acho que funcionou muito”, afirmou ele.

A chegada da trama ao catálogo da plataforma de streaming, faz parte do parte do projeto de resgate dos clássicos da dramaturgia. A comédia romântica é ambientada na década de 1920 na fictícia Ventura, uma pequena cidade cuja economia gira em torno da fábrica de chocolates e bolos artesanais Bombom.

A protagonista, Ana Francisca (Mariana Ximenes), é uma menina humilde, ingênua e romântica que, após perder o pai, vai morar em Ventura com uma parte da família que não conhece. Mesmo sendo uma espécie de “patinho feio”, a jovem chama a atenção de Danilo (Murilo Benício), o rapaz mais bonito do colégio e a grande paixão da mimada Olga (Priscila Fantin), filha do delegado da cidade.

Apesar das artimanhas de Olga para impedir o romance dos dois, Ana e Danilo começam a namorar. Para ajudar a família nas despesas da casa, Ana vai trabalhar como faxineira na fábrica de chocolates e conhece o dono, Ludovico (Ary Fontoura).

Logo após, descobre que está grávida de Danilo, mas uma armação de Olga e da tia dele, Bárbara (Lilia Cabral), provoca a separação do casal. Ao ver o desespero e o sofrimento da amiga, Ludovico propõe casamento a ela, para dar um nome à criança.

Eles partem para Buenos Aires e Ana Francisca começa uma vida nova. Ela passa a ter aulas de etiqueta e recebe um banho de loja. Após a morte do empresário, ela decide retornar a Ventura após sete anos, decidida a se vingar de todos que a fizeram mal e a desprezaram.

A preparação do elenco incluiu palestras sobre os anos 1920 e aulas de confeitaria para o núcleo de funcionários da fábrica de chocolates. A Serra Gaúcha, a região serrana do Rio de Janeiro e São Lourenço, no sul de Minas Gerais, além da Argentina, serviram como locação para a obra.

Veja mais ›