Datena
José Luiz Datena se emocionou ao noticiar morte de Ricardo Boechat, âncora do “Jornal da Band” (Imagem: Reprodução / Band)

A Band foi a primeira emissora de TV aberta a noticiar a morte do jornalista Ricardo Boechat, âncora do “Jornal da Band”. A informação foi divulgada pela emissora durante o esportivo “Os Donos da Bola”, apresentado por José Ferreira Neto, o craque Neto. Tanto ele, quanto José Luiz Datena, encarregado de dar a notícia ao público, se apresentaram emocionados; Cátia Fonseca, do “Melhor da Tarde”, também chorou diante das câmeras ao falar sobre a partida do colega.

Neto, visivelmente emocionado, interrompeu seu programa por volta de 13h45, chamando José Luiz Datena, direto da redação do “Brasil Urgente”. “Com profundo pesar, nesses quase 50 anos de jornalismo, cabe a mim informar a vocês que o jornalista, amigo, pai de família, um companheiro… Que na última quarta-feira (06), quando eu vi apresentar aqui o jornal, me deu um beijo no rosto, fingindo que ia cochicar alguma coisa. E, no fim, brincalhão como ele era, falou: ‘é, bobão, eu só queria te dar um beijo’. Queria informar os senhores que o maior âncora da TV brasileira, Ricardo Boechat, morreu hoje num acidente de helicóptero, no Rodoanel, aqui em São Paulo”.

Ele foi a Campinas, dar uma palestra e o helicóptero em que ele estava não chegou ao seu destino, que era o heliponto da Band. Caiu no Rodoanel, bateu num caminhão e as pessoas, segundo informações iniciais, teriam morrido na hora”, concluiu, aos prantos. “É uma pena informar isso, uma dor tão profunda que é difícil explicar em palavras. Já falei tanto minha vida inteira, e num momento como esse não tem muito o que dizer a não ser comunicar essa notícia profundamente triste”.

É como se eu, como se nós, perdêssemos um ente querido. Pra nós era muito querido mesmo, uma pessoa especial, não era só um jornalista rigoroso. Era um cara que saía pra jogar bola com a molecada aqui, fazia churrasco, festa com os meninos que ficam atrás das câmeras, da mesma forma que falava com poderosos da política, da imprensa”, afirmou Datena, antes de passar o bastão para Cátia Fonseca, do “Melhor da Tarde”.

A apresentadora elogiou Ricardo Boechat, nos âmbitos pessoal e profissional. Chorando, pediu para que os telespectadores, independente da religião, emanassem boas energias para os familiares do jornalista. O “Melhor da Tarde” recorreu, em seguida, a VTs. Cátia retornou em seguida; por volta das 14h45, ela interrompeu sua atração, entregando a transmissão a Datena, que segue com informações sobre a morte do jornalista.

Recomendados para Você:

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Está opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!