No ar em Império, Roberto Birindelli teme fim do cinema por culpa de Bolsonaro

Roberto Birindelli
Roberto Birindelli desabafa sobre gestão de Bolsonaro e teme retrocesso (Imagem: Ellen Soares / Globo)

Intérprete de Josué em Império, Roberto Birindelli não esconde sua preocupação pelo fim do cinema brasileiro na gestão do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) caso ele seja reeleito no próximo ano.

“Não sobrevive mais quatro anos”, avalia. Além do Brasil, ele considera o cenário político da América Latina como assustador. “Eu estou fazendo a documentação de residência em outro país, que não é o Uruguai. Eu devo ir para o Panamá, mas já recebi propostas de ir pra Lisboa [Portugal], que também estou cogitando”, entrega ao Notícias da TV.

“Porque assim, eu sou bicho de cinema, não sou bicho de TV. E cinema está cada vez mais parado, e o que mais anda movimentado são as séries”, considera Roberto Birindelli.

Radicado no Brasil, o artista quer se mudar para outro país e só retornar a trabalho, mesmo sabendo da dificuldade em conseguir emprego no setor cultural.

“Muitos estão dizendo que o cinema brasileiro está parado por causa da Covid-19, mas não. Quando a pandemia passar, a gente vai se dar conta que esse governo sem pandemia não vai permitir o cinema, como não vai permitir leis de incentivo à Cultura, nada”, lamenta.

“E o que os produtores fazem? Fazem as séries e captam o material já pensando em captar com formato de cinema, já que aquele cinema puro, pensado e idealizado diretamente para uma tela grande, não sei quando voltará. Fora que temos uma Ancine [Agência Nacional do Cinema] parada e um governo que vai fazer o possível para matar o cinema”, desabafa.

O presidente Jair Bolsonaro deu indícios dos seus planos contra o setor cultural no segundo dia de governo, quando criou a Secretaria Especial da Cultura e extinguiu o Ministério da Cultura.

Atualmente, o secretário da pasta é o ator Mário Frias, mas o gabinete já passou pelas mãos de Regina Duarte. “Então, se existe a possibilidade de uma reeleição, o cinema não sobrevive mais quatro anos”, aposta Birindelli.

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›