Nos 40 anos do Vale a Pena Ver de Novo, Murilo Rosa torce por reprise de América

Murilo Rosa
O ator Murilo Rosa, que fez sucesso em América (Imagem: Divulgação / Globo)

Entrando no clima das comemorações dos 40 anos do Vale a Pena Ver de Novo, que terá Eta Mundo Bom! como atração comemorativa a partir de abril, o RD1 tem procurado atores para saber quais são as novelas que eles desejam rever nas tardes da Globo.

Murilo Rosa, no ar como o Mário em Salve-Se Quem Puder, elegeu dois títulos que gostaria de rever – o ator já esteve presente no VPVD em atrações de muito sucesso, como Força de Um Desejo (1999), O Cravo e a Rosa (2000) e Caminho das Índias (2008).

“América porque foi um grande sucesso popular, uma novela que terminou no último capítulo com 70 pontos de picos de audiência. Um fenômeno. E Desejo Proibido, porque foi um grande sucesso de crítica. Uma novela linda, típica novela das seis”, revelou o ator.

A primeira sugestão de Murilo, América, foi ao ar há 15 anos. A trama escrita por Glória Perez e dirigida por Marcos Schechtman abordou a entrada ilegal de imigrantes nos Estados Unidos, por meio de Sol (Deborah Secco), e se tornou um dos maiores sucessos de audiência dos anos 2000, finalizando os seus 203 capítulos com 49 pontos de média.

Nesta produção, Murilo Rosa interpretou o peão Dinho, um dos protagonistas da história que era apaixonado por Neuta, interpretada por Eliane Giardini. O melhor amigo do Tião (Murilo Benício) divertiu o público ao tentar esconder o relacionamento com a viúva, e o casal acabou se tornando uma das sensações do folhetim.

Já em Desejo Proibido, exibida em 2008, o ator deu vida ao Padre Miguel, que enfrentou os dilemas de se envolver com a mocinha Laura, interpretada por Fernanda Vasconcellos. Uma das cenas mais memoráveis é quando o religioso decide abandonar a cidade após protestos de populares e uma advertência da Arquidiocese.

O clima de devoção e romance, de fato, não empolgou tanto a audiência, mas o folhetim de Walther Negrão saiu de cena com ótimas avaliações da crítica especializada. Nunca foi reprisado pela Globo.

Murilo Rosa
Murilo Rosa e Eliane Giardini em cena de América (Imagem: Divulgação / Globo)
Murilo Rosa
Padre Miguel marcou a carreira de Murilo Rosa na TV (Imagem: Divulgação / Globo)
CONTINUE LENDO →

Daniel Ribeiro cobre televisão desde 2010. No RD1, ao longo de três passagens, já foi repórter e colunista. Especializado em fotografia, retorna ao site para assinar uma coluna que virou referência enquanto esteve à frente, a Curto-Circuito. Pode ser encontrado no Twitter através do @danielmiede ou no danielribeiro@rd1.com.br.