Nos Tempos do Imperador: Samuel se revolta e declara guerra a Tonico

Samuel
Samuel se revolta contra Tonico e toma atitude (Imagem: Reprodução / Globo)

Samuel (Michel Gomes) vai se revoltar e ameaçar Tonico (Alexandre Nero) nos próximos capítulos de Nos Tempos do Imperador. Segundo informações da colunista Patrícia Kogut, do jornal O Globo, tudo começa após o vilão assediar Zayla (Heslaine Vieira).

Na ocasião, a moça já vai estar separada do rapaz, mas resolve contar todo o episódio para ele mesmo assim. Furioso, Samuel vai atrás do rival e dispara: “Fique longe de Zayla!”.

“Mas é muito petulante! Quem você pensa que é… E nem sei do você está falando“, rebate Tonico. “Você está cercando a Zayla. O que você quer?“, questiona Samuel. O vilão, então, debocha: “Eita, que agora me perdi. Você não está de cacho com Pilar (Gabriela Medvedovski)? Quer as duas?”.

Os dois continuam discutindo, até que Samuel ameaça: “Não vou deixar você se aproveitar da Zayla“. “Ou vai fazer o quê?”, pergunta o vilão. “Você não sabe do que eu sou capaz para defender os meus, Tonico. Está avisado“, responde o rapaz.

Vale lembrar que a trama tem previsão de ficar no ar até fevereiro de 2022 e ainda está em processo de gravação na Globo, o que possibilita alguns ajustes. Segundo Kogut, a ideia é que as gravações do folhetim se encerrem em 21 de outubro.

A previsão é aproveitar essa reta final para promover reparos em personagens e núcleos que não tiveram tanta aceitação, bem como evitar mais atritos com os telespectadores – o episódio do “racismo reverso” ainda ressoa nos bastidores.

A propósito, nesses momentos derradeiros estão previstas algumas novidades no elenco. Quem fez uma participação especial no enredo de Thereza Falcão e Alessandro Marson recentemente foi o ator Bruno Garcia, que também está no ar em Sob Pressão, onde vive Décio, o diretor do Hospital Edith de Magalhães.

Além dele, Déo Garcez, que interpreta o abolicionista Luiz Gama no teatro, irá repetir o mesmo personagem em Nos Tempos do Imperador. O artista começou a gravar nos Estúdios Globo recentemente.

Nas últimas semanas, além da baixa audiência, a produção repercutiu devido a uma cena polêmica. Um diálogo entre Pilar (Gabriela Medvedovski) e Samuel (Michel Gomes) gerou revolta, após a sequência ter insinuado que ela, uma mulher branca, estava sofrendo “racismo reverso” por parte do rapaz, que é negro, numa situação fora do contexto histórico, já que a trama se passa no século XIX.

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›