Núbia Óliiver revela ter entrado em depressão após acusação de aliciar mulheres

Núbia Óliiver
Núbia Óliiver revela ter entrado em depressão após acusação de aliciar mulheres (Imagem: Reprodução / Instagram)

Núbia Óliiver participou da edição da última quarta-feira (23) do SuperPop e aproveitou o espaço para desabafar sobre o fato de ter sido acusada de aliciar mulheres para uma quadrilha especializada em realizar tráfico internacional de pessoas.

Em conversa com a apresentadora Luciana Gimenez, a famosa afirmou que ter tido seu nome envolvido no caso fez com que a reputação sua e de familiares ficasse manchada.

“Estou tentando manter a calma e cuidar da minha família porque a gente sabe levar porrada na vida, mas eles [familiares] não. Então me preocupo 24 horas por dia com eles”, declarou.

Núbia contou ainda que as acusações abalaram seu psicológico de forma tão avassaladora que seu quadro de depressão apresentou uma piora significativa.

“Minha depressão voltou, minhas síndromes voltaram e estou tentando me reerguer. Hoje eu só quero provar minha inocência”, disse.

Para quem está por fora de toda a polêmica, ela está sendo investigada por um suposto envolvimento em uma rede de prostituição, segundo informou a Polícia Federal ao Fantástico, da Globo.

O esquema foi revelado pelo jornalístico e mostrou que a famosa estaria supostamente ajudando a selecionar mulheres que seriam levadas para fora do país para entrarem em rede de prostituição.

Em um dos áudios divulgados pela Polícia Federal, Núbia Óliiver surgiu pedido para que não usassem o nome dela. “Umas meninas vão te ligar aí. Essas eu sei que são do Rio de Janeiro. Só não usa meu nome. Como a gente é muito conhecida, gera fofoca”, disse a modelo. Agentes, então, fizeram busca e apreensão no apartamento dela.

O esquema de tráfico de mulheres seria comandado por Rodrigo Cotait, 44 anos. A jovens traficadas eram selecionadas, principalmente, por número de seguidores nas redes sociais e títulos, como o de miss.

“Só mando viajar quem tem selo de qualidade, comprovei o material”, declarou Cotait em um dos áudios interceptados pela polícia.

O homem foi preso. Ele passou por audiência de custódia e vai responder por tráfico internacional de mulheres para fins de exploração sexual. A defesa dele disse que o mandado de prisão era ilegal e que espera que a Justiça seja reparada.

MC Mirella também foi investigada pela Polícia Federal, mas ficou constatado que ela seria mais uma das vítimas. Houve uma tentativa de aliciamento da funkeira quando ela tinha entre 16 e 17 anos.

Álvaro PenerottiÁlvaro Penerotti
Álvaro Penerotti sempre foi bastante engajado a tudo que envolve o mundo da TV e Famosos. Com intensa vivência na área de jornalismo e mídias sociais, já trabalhou em rádio e também em importantes veículos de comunicação na web. Pode ser encontrado nas redes sociais através do @AlvaroPenerotti.
Veja mais ›