Órfãos da Terra se torna a nova O Clone do mercado internacional

Órfãos da Terra
Órfãos da Terra conquista prestígio de clássico da dramaturgia (Imagem: Divulgação / Globo)

Disponível há apenas um ano no mercado internacional, a novela Órfãos da Terra se tornou um fenômeno de exportação e já dispara entre as produções brasileiras mais cobiçadas do mundo.

O folhetim assinado por Duca Rachid e Thelma Guedes, e exibido pela Globo entre abril e setembro do ano passado, foi licenciado para 50 países. A excelente recepção internacional se deve ao conflito dos refugiados, retratado na ficção por meio da família de Laila (Julia Dalavia), que chega ao Brasil após fugir de uma guerra civil na Síria.

Com o sucesso praticamente instantâneo mundo afora, Órfãos da Terra vem conquistando o mesmo prestígio de O Clone, que em 2003, pouco mais de um ano após sua exibição, também foi vendida para 50 países, números esses que mais do que dobraram nos últimos 17 anos.

Atualmente, as recordistas de exportação são Avenida Brasil (140 países), Caminho das Índias (118 países), A Vida da Gente (113 países), Da Cor do Pecado (104 países), Escrava Isaura (104 países) e O Clone (101 países).

Além de Julia Dalavia, o elenco de Órfãos da Terra contou com Renato Góes, Alice Wegmann, Herson Capri, Letícia Sabatella, Carmo Dalla Vecchia, Eliane Giardini, Paulo Betti, Danton Mello, Emanuele Araújo, Osmar Prado, Flávio Migliaccio, Nicette Bruno, Marcelo Médici, Betty Gofman, entre outros.

Daniel Ribeiro cobre televisão desde 2010. No RD1, ao longo de três passagens, já foi repórter e colunista. Especializado em fotografia, retorna ao site para assinar uma coluna que virou referência enquanto esteve à frente, a Curto-Circuito. Pode ser encontrado no Twitter através do @danielmiede ou no danielribeiro@rd1.com.br.

WordPress Lightbox