Órfãos da Terra vence premiação internacional em Londres

Órfãos da Terra
Julia Dalavia (Laila), Renato Góes (Jamil) e Alice Wegmann (Dalila) em Órfãos da Terra (Imagem: Divulgação / Globo)

A Globo fecha o ano de 2019 com uma nova conquista para suas produções. A novela Órfãos da Terra, exibida entre abril e setembro deste ano, recebeu em Londres o prêmio Rose D’or (Rosa de Ouro em francês) na categoria Soaps or Telenovelas. A trama concorria com trabalhos do exterior e a brasileira Topíssima, que a Record encerra nesta segunda-feira (9).

O folhetim contou a história de Jamil (Renato Góes) e Laila (Júlia Dalavia), dois refugiados sírios que migram para o Brasil. Escrita por Thelma Guedes e Duca Rachid, a trama foi dirigida por Gustavo Fernandez. Para garantir o realismo, a produção trabalhou junto à Acnur (Agência da ONU para refugiados); uma arquiteta da agência colaborou no projeto cenográfico do campo de refugiados. 

Kaysar Dadour, refugiado sírio que participou do BBB 17, fez parte do elenco da produção que abordou uma das questões mais relevantes dos últimos anos no panorama internacional. A guerra civil da Síria iniciada em 2011 já resultou em cinco milhões de refugiados do conflito, que evacuaram suas casas e migraram para países como Líbano, Grécia e Alemanha.

No Brasil, cerca de 35% dos cinco mil refugiados reconhecidos pelo governo brasileiro provém da Síria, um número considerado baixo se comparado a países como a Turquia, que abriga mais de três milhões de vítimas do conflito.

CONTINUE LENDO →
ALERTAS GRATUITOS