Paloma Tocci e Ricardo Boechat
Paloma Tocci lembrou momento de Ricardo Boechat nos bastidores do “Jornal da Band” (Imagem: Divulgação / Band)

Paloma Tocci, que por anos dividiu a apresentação do “Jornal da Band” com Ricardo Boechat, lembrou o primeiro mês sem o colega, na segunda-feira (11). O âncora morreu vítima de um acidente de helicóptero em São Paulo.

A apresentadora publicou um vídeo no seu perfil no Instagram, no qual Boechat aparece brincando enquanto se arrumava para entrar no ar e mencionava o fato de estar com um dos dedos machucados.

“1 mês sem ele. Que saudade. Beijo bem grande Veruska e a toda a família“, escreveu em direcionamento para a viúva do jornalista, Veruska Seibel.

Nos comentários, os fãs de Boechat lamentaram a falta dele. “Que saudades!”, afirmou um. “Até hoje quando penso, fico triste. Como o tempo voa, já se passou 1 mês”, comentou outra. “Fazendo muita falta!“, lamentou um terceiro. “Um mês já?!?!? Esse faz uma falta danada!!!”, exclamou mais uma.

Caminhão que colidiu com helicóptero de Boechat não estava em alta velocidade, diz laudo

Um mês após o acidente que culminou na morte de Ricardo Boechat, o laudo do Instituto de Criminalística (IC) de São Paulo constatou que o caminhão que colidiu com o helicóptero do jornalista não estava em alta velocidade.

Segundo o documento do Núcleo de Engenharia da Polícia Técnico-Científica do Instituto de Criminalística, o veículo dirigido por João Adroaldo Tomackeves, sobrevivente que teve apenas ferimentos leves, estava a aproximadamente 40 km/h no momento da batida ao sair da praça de pedágio do Rodoanel em direção à Rodovia Anhanguera. A velocidade está dentro dos limites permitidos para a via.

Para a Polícia Civil ainda não há elementos que possam apontar responsáveis criminalmente pelo ocorrido. A investigação trata o acidente, por enquanto, como uma “fatalidade”. Boechat e o piloto Ronaldo Quattrucci morreram em decorrência de politraumatismos causados pelo impacto entre o helicóptero e o caminhão.

Além do laudo da IC, outra prova que comprova que não houve crime no momento da colisão é o vídeo gravado por câmeras de segurança que mostra que o helicóptero tentava um pouso de emergência após uma pane – ainda não identificada pela perícia – quando se chocou com o caminhão.

Recomendados para Você:

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Está opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!