Patrícia França
Patrícia França, Floriano Peixoto e Fernando Pavão voltam à Record em Gênesis (Imagens: Divulgação / Globo – Record)

Três nomes que marcaram a história recente da dramaturgia da Record estão de volta à emissora em Gênesis, novela bíblica com lançamento previsto para o primeiro semestre deste ano. De acordo com informações da jornalista Patrícia Kogut, Patrícia França, Floriano Peixoto e Fernando Pavão vão marcar presença no folhetim assinado por Camilo Pellegrini, com direção geral de Edgard Miranda.

Patrícia França viverá uma das concubinas de Jacó, personagem de Floriano Peixoto. A atriz foi uma das primeiras a migrar da Globo para a Record, assim que a casa decidiu retomar seu núcleo de dramaturgia, em 2004. Esteve em A Escrava Isaura, atualmente reapresentada nas tardes do canal. Passou ainda por Prova de Amor (2005), Luz do Sol (2007) e Poder Paralelo (2009). Voltou à Globo através de Malhação – Sonhos (2014), como Delma.

Já Floriano foi pioneiro do segundo horário. Em Cidadão Brasileiro (2006), o ator vivia o oportunista Atílio Salles Jordão. Emendou folhetins como Luz do Sol (2007), Chamas da Vida (2008), Rebelde (2011), Os Dez Mandamentos (2015), Belaventura (2017) e Topíssima (2019), além das séries A Lei e o Crime (2009) e Plano Alto (2014). Ano passado, deixou a casa, gravando uma participação na série Todas as Mulheres do Mundo, do Globoplay, ainda inédita.

Fernando Pavão, encarregado de Jacó, estreou na Record com Caminhos do Coração (2007), atualmente em reprise. Passou pela saga Os Mutantes (2008) e por Poder Paralelo, antes de ser escolhido para protagonizar a minissérie Sansão e Dalila (2011), ao lado de Mel Lisboa. Também encabeçou o elenco de Máscaras (2012), Pecado Mortal (2013) e Escrava Mãe (2016). Mesmo contratado por obra, Pavão não marcou presença em outro canal nos últimos tempos.

Gênesis vai abordar histórias bíblicas como de Adão (Carlo Porto) e Eva (Juliana Boller), de seus filhos Abel (Caio Manhente) e Caim (Eduardo Speroni) e de Noé (Bruno Guedes / Oscar Magrini). A autoria passou para as mãos de Camilo Pellegrini recentemente, após a saída de Emilio Boechat da emissora – por discordar das intromissões de nomes ligados à Igreja Universal do Reino de Deus.

Você está ficando de fora...

Não perca nada!

Saiba tudo o que está em alta no Instagram dos Famosos.

SIGA AGORA