Patrícia Pillar deixa a Globo após quase 40 anos

Patrícia Pillar
Patrícia Pillar deixa a Globo após quase quatro décadas (Imagem: Estevam Avellar / Globo)

Um dos nomes fortes da teledramaturgia da Globo, Patrícia Pillar engrossou a lista dos artistas que perderam o contrato de exclusividade com a emissora. A atriz deixou o canal depois de 36 anos da assinatura do seu primeiro contrato com a emissora da família Marinho.

Em entrevista ao Metrópoles, a ex-contratada da Globo comentou sobre a sua relação com a empresa ao longo dos anos. “Tem sido uma relação de respeito mútuo durante todo esse período. Deixo muitos amigos, uma bela história construída em parceria e a porta está aberta para novos projetos”, afirmou.

A famosa deixou claro que entrou na lista dos atores que serão recontratados pela Globo, mas apenas enquanto a série ou novela estiver no ar, o chamado contrato por obra. Antonio Fagundes, Lázaro Ramos, Vera Fischer, Reynaldo Gianecchini e vários outros artistas entraram na nova política.

Ela contou que esteve como contratada da Globo por obra em outras ocasiões. “Fui alternando esses dois tipos de contrato durante todo esse tempo. Sempre me norteou a liberdade em escolher os projetos dos quais participei”, destacou.

Patrícia Pillar foi contratada em 1985 para Roque Santeiro e nunca mais saiu de cena. Ela participou de novelas marcantes da TV como Renascer (1993), O Rei do Gado (1996) e A Favorita (2008).

A loira esteve em várias outras produções da Globo: Sinhá Moça (1986 e 2006), Rainha da Sucata (1990), Salomé (1991), Passione (2011), Lado a Lado (2012), O Rebu (2014), novela que reinaugurou a faixa de novelas às 23h, e séries de alta repercussão como Mulher (1998) Ligações Perigosas (2016) e Onde Nascem os Fortes (2018).

Antenada

Há poucas semanas, Patrícia Pillar ficou decepcionada com uma atitude de Neymar, que anunciou uma busca inédita em sua carreira. “Neymar me decepciona mais a cada dia”, declarou no Twitter.

“Falar em passar o Pelé na artilharia foi absolutamente lamentável”, expôs. Neymar reagiu com deboche: “Ah pronto, tenho que parar de fazer gol agora”.

A estrela devolveu o comentário do craque da Seleção Brasileira e explicou que em razão da situação vivida por Pelé, internado nos últimos dias após um grave problema de saúde, o comentário foi inapropriado.

“Por uma questão de empatia e educação, não era hora para dizer que passaria o Pelé na artilharia. São essas delicadezas da vida que talvez você ainda não tenha aprendido”, rebateu.

“Mas é um dado, Patrícia, não é um desleixo com o Pelé”, defendeu um fã do atleta. “Pelé está no hospital, não era hora”, insistiu Pillar.

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›