Protagonista no cinema, Dionísio Neto sonha com papéis de destaque na TV

Dionísio Neto
O ator Dionísio Neto; destaque no cinema, ele agora aguarda oportunidades maiores na TV (Imagem: Divulgação)

Longe da TV desde A Dona do Pedaço (2019), Dionísio Neto estreará como protagonista nas telonas em Morte, Vida e Sorte, filme independente dirigido por Alexandre Alencar. Na história que será lançada em festivais de cinema a partir do segundo semestre, ele interpretará Luís, um empresário tipo “shark” que namora com uma atriz que faz assaltos para conseguir montar uma peça de teatro.

Para a preparação, o ator chegou a morar na mansão em que reside o personagem, em Barueri. “Muita gente se sente oprimida em lugares assim. Eu precisava me sentir não só totalmente em casa como dono da casa. Para isso pedi ao diretor que morasse lá alguns dias. O laboratório é essencial para a construção dos personagens“, conta Dionísio à coluna.

Talento veterano no cinema e nos palcos, Neto enxerga o seu primeiro protagonismo em longa-metragem como uma oportunidade de reconhecimento na TV.

Fiz participações marcantes [na TV] mas ainda não tinha tido a experiência de grandes papéis. Tenho certeza que a partir deste longa-metragem, os diretores passarão a enxergar o meu trabalho de outra forma“, acredita o ator, que atuou em Morde & Assopra (2011), A Favorita (2008), Cidadão Brasileiro (2006) e Carandiru (2004).

Além de Morte, Vida e Sorte, Dionísio estará no último filme gravado por Eva Wilma, As Aparecidas, do diretor Ivan Feijó, e também em DNA, de Sarah Martins.

O fim das reprises

Com gravações avançadas, a Globo está próxima de encerrar os 155 capítulos de Nos Tempos do Imperador, próxima novela inédita das 18h protagonizada por Selton Mello, Mariana Ximenes e Letícia Sabatella. Se nada mudar até lá, a continuação de Novo Mundo (2017) estreará mesmo no dia 9 de agosto, no lugar de A Vida da Gente (2011).

Falando nisso I

A Globo desacelerou a edição especial de Império (2014). Ontem (1°), o 44° capítulo da reprise trouxe apenas cenas do 59° original. Desde a última semana, a base é essa: um por dia. Caso o ritmo seja mantido, a novela chegará tranquilamente até novembro, mês previsto para a estreia da inédita Um Lugar ao Sol, primeira empreitada de Lícia Manzo às 21h.

Falando nisso II

Tititi (2010) passou a apresentar dois originais para um de reprise. O título resgatado em Vale a Pena Ver de Novo garantiu 15,2 pontos de média até a última sexta-feira (28). É um bom número; porém, inferior aos das quatro antecessoras: 18,5 de Laços de Família, 20,2 com Êta Mundo Bom!, 17,0 para Avenida Brasil e 16,5 de Por Amor.

MAIS LIDAS

Duh Secco e Luiz Fábio Almeida
A coluna Curto-Circuito é assinada por Duh Secco e Luiz Fábio Almeida, editores-assistentes do RD1 e reúne, de terça a sábado, logo cedinho, o que é e vai virar notícia nas próximas horas envolvendo os movimentados bastidores da TV.
Veja mais ›