Regina Duarte lamenta fogo na estátua de Borba Gato e web ataca a esquerda

Regina Duarte
Regina Duarte se manifesta após incêndio em estátua de Borba Gato (Imagem: Reprodução / Globo)

Regina Duarte ficou perplexa com o incêndio na estátua de Borba Gato, em São Paulo, provocado durante uma manifestação contra o Governo Bolsonaro. A bolsonarista questionou a falta de notícia em relação aos responsáveis pelo atentado.

“Quanta violência! Como se pode aceitar tal absurdo?”, indagou. O post da atriz movimentou os internautas, que detonaram não só o vandalismo como a esquerda em geral.

“Cada vez que vejo um ato como esse da esquerda, tenho mais certeza que estou do lado certo. Esquerda nunca mais”, manifestou uma seguidora. Outro citou o governador João Doria (PSDB). “E agora, Doria, como governador do nosso estado o que você vai fazer? Já sei, nada, pois eles, marginas, são os seus eleitores para 2022”, atacou.

“Fico horrorizada com ato desse. Se não houver punição aos responsáveis, veremos muito mais”, alertou uma terceira. “A esquerda funciona assim! Dilapidação dos cofres públicos e, nas manifestações, dos monumentos. Eu me arrepio só de pensar neste tipo de gente comandando o país novamente. Tenho asco!”, disparou mais um.

Prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes (MDB) lamentou o incêndio. “Não temos ainda o valor exato, porque a gente precisa ter o laudo do DPH (Departamento do Patrimônio Histórico) com relação ao material, mas a gente já tem o empresário que vai fazer a doação e a estátua será restaurada”, anunciou.

Em seguida, ele enviou um recado aos opositores do atual governo. “Não é fazendo ato de vandalismo que você vai poder discutir questões, mesmo que seja alguma dívida do passado. É preciso ter bastante tranquilidade, respeitar a democracia, tolerância”, afirmou.

Citado pelo fã de Regina Duarte, João Doria saiu em defesa do patrimônio da cidade. “Condeno o vandalismo nas manifestações. Quem age como vândalo é tão autoritário e violento como aquele que é alvo do protesto. Democracia significa dialogo, equilíbrio, jamais baderna. PM de SP agirá sempre que houver quebra da ordem. Ato democrático sim, violência não”, apoiou.

Confira:

Paulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email [email protected].
Veja mais ›