Repórter da Globo choca ao exibir vídeo de homem assumindo ser racista

Globo
Repórter da Globo usa rede social para denunciar racismo (Imagem: Reprodução / Twitter)

O jornalista Luiz Teixeira, repórter de esportes da Globo, exibiu um vídeo chocante de um homem atacando de forma covarde e criminosa uma mulher. No ataque, ele assumiu ser racista, chamou a vítima de “macaca” com direito a ameaças.

Na manhã desta sexta-feira (17), o contratado da Globo escreveu: “Começo a sexta com esse vídeo de um racista, admitindo ser racista e expondo algo que não é um caso isolado. O crime está aí, o criminoso está aí e não tem esse papo de interpretação errada. Mas daqui a pouco ele reaparece com o rotineiro ‘desculpa a quem se sentiu ofendido'”.

No vídeo, o homem começou reclamando do filho da mulher, chamado por ele de “um maldito de um negro desgraçado”. Em seguida, a vítima, sentada em uma cama, questionou o motivo de tanta raiva: “Por que você tem tanto ódio?”.

Ele respondeu: “Eu tenho ódio! Eu sou racista! Eu não suporto negro! Eu tenho amigo negro, mas amigo decente e não essa ‘negrada’ do cara***”.

Assustada, a vítima pediu que não fosse agredida. “Você não bata em mim, você não bata em mim”, implorou. Cruel, o racista reagiu: “Fala de novo. Fala de novo sua macaca do cara***! Demônio! Desgraçada!”.

Em agosto, Luiz Teixeira relatou um caso de racismo durante o trabalho. O jornalista afirmou que foi “questionado” sobre a sua função ao realizar um credenciamento. O funcionário da Globo garantiu ainda que a mesma situação já ocorreu em outros momentos.

“Mais uma vez fui ‘questionado’, no credenciamento de um jogo, se eu era câmera ou auxiliar, mesmo sendo o único repórter de campo e com a roupa da transmissão. Não fiz nem 6 meses de TV Globo e perdi as contas de quantas vezes isso já aconteceu. É duro aceitar um repórter negro?”, declarou.

Confira:

MAIS LIDAS

Paulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email [email protected].
Veja mais ›