Repórter da Globo perde a paciência e chama Bolsonaro de criminoso

Globo
Cauê Fabiano rasga o verbo contra o presidente Jair Bolsonaro (Imagem: Reprodução / Instagram)

Contratado da Globo, o repórter Cauê Fabiano ficou indignado com a live do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) da última quinta-feira (29). O “capitão” prometeu provas sobre a suposta fraude eleitoral na eleição de 2018, mas admitiu que não tinha nenhuma evidência.

No Twitter, o repórter dos programas de entretenimento da Globo se mostrou impaciente com o Chefe do Executivo. “Mente. Sempre mentiu. Segue mentindo. Não tem provas. Nunca teve. Mente que tem. Patético, golpista e criminoso. Segue sem ser punido. Até quando?”, indagou.

Em outro momento, Cauê foi além e questionou as redes sociais pelo fato da live de Bolsonaro, cercada de mentiras e informações desencontradas, não ter sido interrompida: “Como é que essa live não foi imediatamente derrubada por propagação de informações falsas?!”.

O jornalista lembrou a crise sanitária vivida pelo país. “A média móvel de mortos por covid-19 no Brasil segue acima de mil. Enquanto isso, o presidente da República, negacionista de primeira hora, faz uma live para mentir. Diz que vai apresentar provas, e fica balbuciando bobagens, mostrando videozinho”, criticou. “Mil mortos por dia”, reforçou.

Na live, Bolsonaro atacou a oposição e até o TSE (Tribunal Superior Eleitoral).“Não temos provas, vou deixar bem claro, mas indícios que eleições para senadores e deputados podem ocorrer a mesma coisa. Por que não?”, perguntou. “Os que me acusam de não apresentar provas, eu devolvo a acusação. Apresente provas de que ele não é fraudável”, atacou.

Confira:

Paulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email [email protected].
Veja mais ›