Repórter da Globo se atrapalha em matéria e reclama da vida de pobre

Globo
Repórter da Globo rouba a cena durante gravação de reportagem (Imagem: Reprodução / Globo)

Sarah Ribeiro, repórter da TV Mirante, afiliada da Globo em São Luís (MA), não finalizou o trabalho da maneira que gostaria por causa dos ruídos e do vento causados pelos caminhões em uma estrada.

A jornalista e seu cinegrafista estavam no acostamento de uma rodovia em busca do melhor cenário para a reportagem, mas ela não conseguiu completar uma frase por causa do trânsito.

“Em nome de Jesus, amém!”, começou ela. “Além do transporte e da safra de grãos, a BR-203… Pera aí!”, continuou a global, quando passou o primeiro caminhão.

Sarah Ribeiro deu risada e tentou uma segunda vez. Perto do fim do texto, ela foi novamente interrompida por um veículo em alta velocidade:

“… Que estão com lotação acima de 90% desde sábado. A Polícia Rodoviária Federal vai intensificar a fiscalização… Ah, Marcos, eu não vou conseguir fazer com esse negócio toda hora”.

Desesperada, ela soltou um desabafo enquanto a câmera estava ligada. “Desse jeito… O pobre sofre!”, disparou. O vídeo foi divulgado pelo Virei Jornalista, no Instagram, e foi visualizado por mais de 30 mil seguidores.

“O vento estragando o talento da minha Sarinha”, observou um fã nos comentários. “Ainda tem uns que passam buzinando”, alertou outro. “Isso é tão meme”, observou uma terceira. “Venceu na vida!”, brincou outra, aos risos.

Em sua rede social, a jornalista compartilhou vários perfis que exibiram o vídeo em suas redes. O momento nada convencional virou o grande assunto do dia entre os colegas de profissão de Sarah Ribeiro.

Antes da sua ida para a Globo, a repórter era contratada da Band, com participações até em telejornais de rede, como o Bora Brasil, apresentado por Joel Datena.

Confira:

MAIS LIDAS

Paulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email [email protected].
Veja mais ›