Reprises “retrocedem” promessa da Globo por maior representatividade nas novelas

Globo
Neuza Borges (Maria) e Marjorie Estiano (Manuela) em A Vida da Gente; representatividade nas novelas da Globo perde fôlego com reprises (Imagem: Divulgação / Globo)

Em janeiro de 2020, a coluna Curto-Circuito repercutiu uma mudança de postura na dramaturgia da Globo em busca de maior diversidade nas novelas, como resultado de uma promessa feita dois antes, diante das enxurradas de críticas ao elenco de Segundo Sol (2018), formado majoritariamente por atores brancos, embora a história se passasse na Bahia.

Quando a comparação foi publicada por esta coluna, semanas antes da paralisação dos Estúdios Globo por conta da pandemia, a emissora havia triplicado a presença de atores negros em suas novelas, em relação ao ano de exibição da trama de João Emanuel Carneiro. O número passou de 9 para 31 atores, tendo como destaque as novelas Bom Sucesso (16) e Amor de Mãe (12).

Quando a segunda fase do folhetim das 21h chegar ao fim e Império (2014) retornar ao horário nobre, no próximo dia 12, as falas negras serão as menos ouvidas na dramaturgia da Globo. A representatividade da trama de Aguinaldo Silva é retratada por apenas três atores afrodescendentes: Aílton Graça, Cris Viana e Lidi Lisboa, todos em posições coadjuvantes na história.

Às 18h, com a reprise de A Vida da Gente (2011), o cenário dialoga ainda menos com as discussões atuais. Há apenas dois personagens negros na trama que se passa no Rio Grande do Sul, sendo representados pelos atores Neusa Borges e Marcello Melo Jr, ambos exercendo trabalhos serviçais.

A partir de abril, contando com Salve-Se Quem Puder, as novelas da Globo retrocederão para um total de 11 atores negros no ar.

Cacto faz isso?

Fenômeno de popularidade nas redes sociais, a participante do BBB 2021 Juliette Freire superou os números de seguidores da própria Globo no Instagram. A campinense conquistou 17,7 milhões de usuários em menos de três meses de programa, enquanto o perfil da maior emissora do país é seguido por 11 milhões de pessoas.

As estratégias usadas no perfil de Juliette, aliás, têm sido pauta de profissionais de marketing que vendem cursos pela internet. A reprodução dos memes da participante no reality e posts de agradecimento para cada novo milhão de seguidores conquistado foram apontados como interações que fizeram o perfil bombar de audiência.

Imperdível

Globo
Sandra Annenberg no Globo Repórter desta sexta-feira (2); apresentadora volta à reportagem (Imagem: Divulgação / Globo)

Sandra Annenberg volta à reportagem nesta sexta-feira (2), dividindo com Beatriz Castro as pautas do Globo Repórter dedicado à “economia prateada”. O jornalístico focaliza brasileiros com mais de 50 anos em plena atividade social, profissional e financeira: os 55 milhões de brasileiros com mais de meio século de vida respondem por 42% de tudo que é consumido no país – cerca de 1 trilhão e 800 bilhões de reais por ano.

Quem tem mais de 50 está quebrando mitos. Somos pessoas ativas, produtivas, cheias de experiência, com desejos, energia, muita história para contar e com um longo caminho pela frente“, exalta Sandra, de 52, que, na imagem acima, entrevista Seu Líbero, de quase 60, estagiário numa multinacional.

Há uma década, ter mais de 50 anos significava começar a pensar em parar. Hoje, é começar a pensar em mudar, se reinventar, descobrir o novo“, celebra a jornalista.

Solução caseira

Globo
Globo escala Sandy & Junior: A História, original Globoplay, para faixa destinada ao The Voice Kids (Imagem: Cesar Valle / Globo)

O agravamento da pandemia de Covid-19 inviabilizou a estreia do The Voice Kids, agora comandado por Márcio Garcia. O reality previsto para o próximo dia 18 só entra em cena em 30 de maio. No domingo que vem (11), Sandy e Junior: A História, original Globoplay, ocupa a faixa – hoje nas mãos do The Voice +. Bom para o público, livre do desgastado formato pelas próximas semanas…

Falando nisso…

O Plantão BBB, atração de Ana Clara Lima que a Globo lança segunda-feira que vem (5), logo após o Jornal Hoje, terá 20 minutos de duração, excetuando intervalo. O programa, destinado à repercussão da reta final do BBB 2021, entra no ar às 14h45, encurtando o noticiário de Maju Coutinho em aproximadamente 10 minutos. As informações constam no plano comercial do projeto.

Duh Secco e Daniel RibeiroDuh Secco e Daniel Ribeiro
A coluna Curto-Circuito é assinada por Duh Secco e Daniel Ribeiro, editor-assistente e repórter especial do RD1, respectivamente, e reúne, de terça a sábado, logo cedinho, o que é e vai virar notícia nas próximas horas envolvendo os movimentados bastidores da TV.
Veja mais ›