Sandra Annenberg revela que não deseja pintar os cabelos brancos e explica o motivo

Sandra Annenberg
Sandra Annenberg pregou a importância de não ser “anti-idadista”(Imagem: Reprodução / Instagram)

Inspirada no tema do Globo Repórter desta sexta-feira (02), que abordou o mercado de trabalho e a vida para pessoas com mais de 50 anos, Sandra Annenberg resolveu, em conversa com a revista Quem, falar sobre o assunto.

Os 50 são os novos 50. É importante aprendermos a viver cada fase da vida com tudo o que ela pode proporcionar. Quem tem mais de 50 anos está quebrando mitos. Somos pessoas ativas, produtivas, cheias de experiência, com desejos, energia, muita história para contar e com um longo caminho pela frente“, refletiu a jornalista.

Já na casa dos 50, a global afirmou: “O meu trabalho me expõe e não tenho problema nenhum em envelhecer diante das câmeras. Pelo contrário: gosto de assumir minha idade. Estou com 52 anos, completo 53 no dia 5 de junho e adoro parabéns. Este ano comemoro 30 anos de jornalismo na Globo e espero contribuir para que outras mulheres não se sintam invisíveis ao passar dos 50″.

Muito segura, Sandra fez questão de pontuar: “Hoje é começar a pensar em mudar, se reinventar, descobrir o novo. Não importa seu gênero, sua etnia, sua cor, seu credo, sua classe social. Uma coisa nos une: todos vamos envelhecer. Então, precisamos ser anti-idadistas”.

Por falar em “anti-idade”, a apresentadora do Globo Repórter afirmou que prefere não pintar os cabelos brancos que surgem com o passar do tempo: “Não sou refém da juventude. Tenho curtido cada momento, acompanhando o surgimento dos fios brancos. Estou gostando do grisalho, nunca pintei os cabelos e pretendo deixá-los brancos. Acho que vai ficar um charme. Enfim, são os sinais do tempo e o resultado de uma vida bem vivida”.

“O melhor de tudo é poder me olhar no espelho e me enxergar por dentro. Me conheço muito mais, me dou o direito de ser quem sou, sem a preocupação com o que os outros vão achar de mim. Ainda tenho muitas dúvidas, mas a maior conquista da maturidade é saber o que eu não quero mais”, analisou a famosa.

Na sequência, Sandra ainda contou como cuida do corpo. De acordo com ela, além de manter uma boa alimentação, a global disse que também gosta de se exercitar: “Tento fazer algo todo dia. Mesmo cansada, me obrigo a me mexer porque sei que a sensação depois do treino é muito boa”.

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›