Sandra de Sá revela que gravadora tentou forjar namoro com jogador

Sandra de Sá
Sandra de Sá está com mais de quatro décadas de carreira na música (Imagem: Divulgação)

Com mais 40 anos de carreira, Sandra de Sá, que está com 65 de idade, nunca quis esconder quem realmente é. Em conversa com a revista Quem, a cantora revelou que já foi pressionada por uma gravadora para dizer que tinha um namoro com um jogador de futebol.

“Queriam que eu namorasse um jogador de futebol. Tô fora. Saí da gravadora, mas não por briga. Todos os diretores e presidentes de gravadoras são meus amigos até hoje. Sempre saí pela porta da frente”, contou.

“Quando perco o tesão, peço para sair na boa. Todos que me deram oportunidade de trabalho são pessoas importantes na minha vida. Mas a pessoa mais importante na minha vida sou eu. Tenho que cuidar de mim, se não, como vou cuidar dos meus?“, completou.

Ao lembrar de histórias que já viveu, Sandra não esqueceu das que passou antes de iniciar no meio artístico: “Sempre fui assim, virona desde pequena. Fui de carona uma vez, em 1975, para São Lourenço, em Minas Gerais, para conhecer a Escola de Eubiose. Fui hippie, viajei muito de carona para Guarapari, no Espírito Santo, vendendo pulseirinha, dormia em banco de pracinha. Mas tudo de uma maneira muito saudável”.

“Sou o que sou porque ralei, mas nunca foi precisei trabalhar para pagar minha faculdade. Quando passei, ganhei um Fusquinha, depois meu pai trocou por uma Brasília. Ia para faculdade de carro e levava o meu violão. Morava na Rua Guarabu, número 210, em Pilares. Tenho muito orgulho de ser suburbana. Mesmo quando já morava no Leblon, levava meu filho para brincar lá. Ele ficava todo ouriçado querendo ir para Pilares, para soltar pipa, brincar na rua”, recordou a artista.

Apesar do sucesso na música, Sá confessou que não cogitava seguir carreira. No entanto, Fafy Siqueira a incentivou: “Não pensava em ser cantora, queria ser psicóloga. Fiz Psicologia até o nono período. No final de 1979, já estava vendo de ir para Amsterdã estudar ocultismo e bruxismo. Também ia para Alemanha fazer um curso de psicologia veterinária. Me formaria em 1980 e no dia 8 de maio foi o Festival MPB-80, da Globo, onde me destaquei. Fafy Siqueira me inscrevia em todos os festivais na época da faculdade”.

Atualmente casada com Simone Floresta, Sandra também conta com o apoio da amada na sua profissão: “A Simone é mais louca que eu. Tinha um quarto aqui e virou palco. A gente fez uma parede de chroma key e ela faz as artes dos clipes. Simone se amarra nessas coisas. Ela me ajuda em tudo. Acabei de fazer uma música com o Flávio Venturini. E as músicas estão fantásticas. Agora, eu e Simone começamos uma parada nossa só com música eletrônica”.

AvatarDa Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›