SBT não tem previsão para inclusão de novelas antigas em streaming

SBT
Suzy Rêgo (Regina) em Amor e Ódio; SBT se manifesta sobre inclusão de novelas em streaming (Imagem: Divulgação / SBT)

Sem aviso prévio, o SBT Vídeos deu início, no último dia 19, à publicação dos capítulos de Amor e Ódio (2001). A novela estrelada por Suzy Rêgo, nunca reprisada pelo canal de Silvio Santos, é disponibilizada como na TV aberta: um capítulo por dia, de segunda-feira a sábado. Tal iniciativa do SBT surpreendeu até mesmo os seguidores mais fiéis.

É que desde a criação da plataforma, gratuita, que oferece conteúdos históricos de Silvio e companhia, a dramaturgia parecia restrita às produções infantis. Além da safra iniciada em 2021 com Carrossel, apenas Esmeralda (2004), Revelação (2008) e Amor e Revolução (2011). A possibilidade de contar com outros títulos do acervo, quase todos remakes de textos nacionais ou importados, parecia remota.

A coluna Curto-Circuito questionou a Comunicação do SBT a respeito da chegada de Amor e Ódio – versão brasileira para La Dueña (1995), da mexicana Televisa – ao SBT Vídeos, bem como a possibilidade de uma investida similar à do Globoplay, que traz clássicos da Globo a cada duas semanas. A única resposta foi de que não há, no momento, previsão para a inclusão de outras obras.

Gaveta

Cabe lembrar que a dramaturgia do SBT viveu seu auge em meados da década de 1990, com regravações de Éramos Seis (1994), As Pupilas do Senhor Reitor (1994), Sangue do Meu Sangue (1995) e Os Ossos do Barão (1997) – originais da Tupi, da Record, da Excelsior e da Globo. O segundo grande momento se deu entre 2001 e 2007, com a adaptação de obras da Televisa, como Pícara Sonhadora (2001), Marisol (2002) e Canavial de Paixões (2003).

Reabertura

Em entrevista exclusiva ao RD1, que o leitor poderá conferir nesta terça-feira (10), Dalton Vigh adianta detalhes da retomada de As Aventuras de Poliana – agora Poliana Moça. O SBT foi a última emissora a fechar os estúdios em meio à pandemia de Covid-19 e será a última a reabrir. O elenco formado por crianças e adolescentes, grupos ainda não incluídos no processo de vacinação contra o coronavírus, é apontado como fator para o adiamento dos trabalhos.

De olho em Paris 2024

Os executivos da Globo e do SporTV ficaram animados com os resultados conquistados na Olimpíada de Tóquio e já estão de olho no torneio de 2024. A ideia é que os canais da TV aberta e fechada, nos próximos três anos, acompanhem de perto todos os preparativos para os Jogos Olímpicos de Paris. Já no dia 18 de agosto, o SporTV, por exemplo, exibe as finais do Torneio Internacional de skate, com a participação das brasileiras Letícia Buffoni e Pâmela Rosa. Ainda neste mês terá disputa de atletismo e tênis. Em setembro, tem disputa do vôlei masculino e o início da temporada da NBA.

Comédia brasileira

O Amazon Prime Video anunciou o início a produção de uma nova série de comédia original brasileira. Trata-se de Novela, estrelada por Monica Iozzi. A data da estreia da primeira temporada ainda não foi revelada. A produção conta a história de Isabel (Iozzi), uma promissora roteirista que dedicou sua vida a se tornar autora de uma novela do horário nobre. O anúncio de Novela chega após a boa repercussão dos enredos brasileiros da plataforma Manhãs de Setembro e Dom.

Duh Secco e Luiz Fábio Almeida
A coluna Curto-Circuito é assinada por Duh Secco e Luiz Fábio Almeida, editores-assistentes do RD1 e reúne, de terça a sábado, logo cedinho, o que é e vai virar notícia nas próximas horas envolvendo os movimentados bastidores da TV.
Veja mais ›