Séries do Globoplay ofuscam novelas e se destacam em feiras internacionais

Globo
Sem estrear no Brasil, Desalma, do Globoplay, já é sucesso no mercado internacional (Imagem: Divulgação / Globoplay)

Alinhada às novas tendências de um mercado cada vez mais globalizado, a Globo está aumentando o portfólio de séries através das produções originais do Globoplay. Em algumas feiras internacionais, as novelas deixaram de ser as principais atrações da emissora, em detrimento de produtos mais dinâmicos e que apresentam novas narrativas.

No último dia 28 de setembro, o canal participou do C21 Screenings Premieres, evento realizado pela empresa inglesa C21, para apresentar as séries Arcanjo Renegado e o suspense sobrenatural Desalma, que ainda não estreou no Brasil. A obra dirigida por Carlos Manga Jr ganhou muita visibilidade no exterior pela estética que lembra os países do Leste Europeu.

As produções do Globoplay oferecidas mundo afora se destacam principalmente em um período de novelas pouco expressivas. Bom Sucesso, da dupla de autores Paulo Halm e Rosane Svartman, foi o único folhetim apresentado no evento. Outras tramas produzidas entre 2018 e 2019, como O Sétimo Guardião, O Tempo Não Para e Verão 90, ficaram de fora das exibições.

Em busca de atrair diferentes perfis do público que consome conteúdos por demanda, a série Todas As Mulheres do Mundo também abriu recentemente o calendário de um evento realizado nos Estados Unidos, o Virtual Screenings Autumm 2020. A obra de Jorge Furtado protagonizada por Emílio Dantas traz reflexões poéticas sobre o amor e a liberdade.

CONTINUE LENDO →

Daniel Ribeiro cobre televisão desde 2010. No RD1, ao longo de três passagens, já foi repórter e colunista. Especializado em fotografia, retorna ao site para assinar uma coluna que virou referência enquanto esteve à frente, a Curto-Circuito. Pode ser encontrado no Twitter através do @danielmiede ou no danielribeiro@rd1.com.br.