Shakira desabafa e revela que já foi alvo de xenofobia pela imprensa

Shakira
Shakira revelou que teve um início de carreira difícil (Imagem: Reprodução / Instagram)

Colombiana, Shakira é considerada um dos grandes fenômenos da música popular mundial. Apesar disso, no começo da carreira, a cantora sofreu preconceito por ser natural do país localizado na América Latina.

Em entrevista à revista Cosmopolitan, a estrela da música ressaltou que, quando começou a fazer sucesso nos Estados Unidos, a imprensa a retratava como “o segundo melhor produto já exportado pela Colômbia para o mundo” e que, acredita ela, o primeiro “melhor produto seria a cocaína”.

“Eu ficava, tipo, por que os jornalistas estão me perguntando sobre o tráfico de drogas? Meu país é muito mais do que isso”, disparou a artista, que se questionou o que aconteceria atualmente caso a mídia continuasse fazendo esse tipo de pergunta.

Shakira também lembrou da época em que correu o risco de perder a voz e quase foi obrigada a se aposentar em 2017. Na ocasião, a famosa sofreu uma hemorragia que comprometeu suas cordas vocais.

A artista garantiu que chorava todos os dias com medo de não poder mais trabalhar, e destacou a importância dos fãs para ajudá-la a superar aquela fase delicada.

“Naquela hora mais sombria da minha vida, percebi o quão sortuda eu era. Todas aquelas pessoas me deram tudo que eu precisava para curar. E eu me curei. Ao contrário do que os médicos disseram. Era muito perigoso. Chorei todos os dias enquanto minha voz sumia. Eu nunca pensei o quão importante era ter uma voz até que a perdi. Nunca parei de agradecer a minha voz quando ela voltou”, desabafou.

Recentemente, ela deixou muita gente em dúvida com relação à sua sexualidade e os fãs estão suspeitando que ela esteja, aos poucos, se assumindo lésbica, por conta de sua nova identidade visual nas redes sociais.

No Twitter, a famosa postou uma foto em degradê com as cores rosa, laranja e branco, modelo da nova bandeira do orgulho lésbico, que substituiu a tradicional bandeira rocha com um triângulo preto e machado branco.

Foram muitos os comentários com relação à bandeira e alguns internautas a questionaram sobre ela ser ou não lésbica. Alguns ainda suspeitaram que essa seria apenas uma forma de chamar atenção.

Porém, a maioria está criando expectativas com relação à sua orientação sexual. Além disso, eles também viram indícios em sua nova música, que se chama “Don’t Wait Up”. Os indícios, porém, não são de hoje.

O relacionamento de longa data com o jogador de futebol do Barcelona, Gerard Piqué, pai dos seus dois filhos, sempre levantou especulações de que seria de fachada, como uma estratégia de marketing.

O motivo teria sido o fato do famoso ter sido flagrado em “momentos íntimos” com o atacante sueco Zlatan Ibrahimović em um estacionamento, segundo informações da Revista Monet.

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›