Sikêra Jr entra com ação contra Xuxa após ser processado pela apresentadora

Sikêra Jr.
Polêmica entre Sikêra Jr e Xuxa tem novos desdobramentos (Imagens: Reprodução / Instagram – RedeTV!)

Sikêra Jr e Xuxa Meneghel travam uma briga judicial após acusações de ambas as partes. Tudo começou quando, em outubro do ano passado, o apresentador da RedeTV! fez uma declaração polêmica no Alerta Nacional, quando exibiu um homem estuprando uma égua. Na época, ele riu da situação e ainda chamou dois membros do seu programa para simularem a cena.

Ao ver a repercussão nas redes sociais, a loira criticou a atitude do jornalista e apontou o caso como apologia à zoofilia. Em seguida, Sikêra detonou a antiga contratada da Record em seu programa.

Ele a chamou de pedófila, usando como argumento o fato dela ter atuado no filme Amor Estranho Amor (1982), e a acusou de fazer apologia às drogas, após ter declarado numa entrevista que a mãe, dona Alda Meneghel, fazia uso de maconha medicinal para amenizar sintomas de doença degenerativa.

O apresentador ainda afirmou que Xuxa incentiva as crianças a “safadeza, p*taria e s*ruba” por ter lançado o livro Maya, o Bebê Arco-Íris, que retrata a história de uma garotinha que tem duas mães.

Repostei fazendo a pergunta: onde está a graça? E reafirmei: zoofilia é crime. Pois bem, o tal senhor, em vez de ver o erro que fez e se desculpar com as famílias que veem seu programa, começou a me atacar, me chamando de pedófila e ex-rainha. E mais, disse que ensinava crianças a não deixarem ninguém tocá-las em certos lugares do corpo“, escreveu ela em sua coluna na revista Vogue, em outubro.

Em seguida, a eterna Rainha dos Baixinhos levou o caso à Justiça, alegando que “o conteúdo exibido e prolatado pelo requerido é calunioso“. Xuxa afirma que os comentários do funcionário da RedeTV! “não se tratam de liberdade de expressão, mas de abuso de direito“.

Pois bem, segundo o portal Notícias da TV, que teve acesso ao processo, a defesa do jornalista entrou com uma ação de reconvenção, o que também coloca a artista na condição de ré.

Em entrevista ao site, a especialista em Direito Civil, a advogada Patricia de Mendonça da Silva, que não tem ligação com a disputa judicial entre os apresentadores, explica como funciona uma ação de reconvenção. “A reconvenção é uma ação do réu [no caso, Sikêra Jr] contra o autor [Xuxa]. Neste caso, o autor passa a, também, ser réu; assim como o réu passa a, também, ser autor. O réu utiliza o mesmo processo para fazer um novo pedido. É uma forma de ataque, não de defesa“, apontou a profissional.

No caso que está sendo analisado pela 45ª Vara Cível de São Paulo, a defesa de Xuxa solicitou uma indenização de dano moral de R$ 500 mil – que ela pretende doar a instituições de caridade. Na reconvenção, os advogados de Sikêra querem provar que ele também foi alvo de ataques.

AvatarDa Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›