Sikêra Jr se irrita e processa Craque Neto após ser chamado de homofóbico

Sikêra Jr e Neto
Sikêra Jr entra na Justiça contra Neto após ser chamado de homofóbico (Imagem: Reprodução – RedeTV! – Band / Montagem)

Sikêra Jr decidiu entrar na Justiça contra o apresentador da Band José Ferreira Neto após ter sido chamado de homofóbico durante a edição do dia 30 de junho de Os Donos da Bola. O processo entre os apresentadores tramita na 6ª Vara do Juizado Especial Cível de Manaus desde o dia 13 de julho.

Segundo o site TV Pop, o comandante do Alerta Nacional, da RedeTV!, pede uma indenização de R$ 44 mil ao ex-jogador, além de uma retratação nas redes sociais e na programação da Band durante dois dias seguidores.

Os documentos foram protocolados pelo advogado Rannieri Cavalcanti Lopes, que representa Sikêra Jr. Ele solicita, inclusive, que os vídeos do programa esportivo sejam eliminados das plataformas digitais da Band, substituindo-os pela cópia da eventual decisão judicial favorável.

“A matéria que foi ao ar na TV Band visa manchar sua imagem, sem qualquer prova e fazendo acusações levianas, das quais o autor nunca cometeu. Ainda, levando ao público uma imagem completamente diferente de quem é o autor, como sendo uma pessoa racista, homofóbica, irresponsável, tudo com o cunho difamatório, apenas para desconstruir a imagem do autor perante a sociedade. Houve evidente abuso da liberdade de manifestação do pensamento”, alega Lopes na ação.

E conclui: “O autor vem sofrendo difamação e humilhação por parte do réu de forma continua, e ainda sendo manchada sua imagem em rede de televisão. Isso influencia milhões de pessoas e geram prejuízos incalculáveis ao autor, que deixa de lucrar com sua imagem, podendo destruir a sua carreira. A conduta do réu, sem dúvida, causou danos à imagem, à honra e ao bom nome do autor, que recebeu acusações injustas e inverídicas através das afirmações falsas que circularam mundialmente após a exibição do programa televisivo“.

Com a repercussão da denúncia, Neto usou seu perfil nas redes sociais para falar sobre o caso e ainda deu uma alfinetada no concorrente.

“Gente, eu não ia gravar nada sobre o processo [de Sikêra Jr] que eu fiquei sabendo agora. Mas eu tô tão feliz, tão feliz, com a minha família. Dá uma olhada só, a bola [colorida] que eu filho tá jogando. Até porque nós não somos homofóbicos. A gente é família. Por sinal, essa bola representa tudo. Para que a gente não seja homofóbico“, disparou o contratado da Band.

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›