Sindicato pede para Disney manutenção dos empregos do Fox Sports

Disney
Disney vira alvo de sindicato por demissão em massa (Imagem: Divulgação / Fox Sports)

Em uma reunião virtual na última segunda-feira (21), o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Rio de Janeiro (SJPMRJ) conversou com repórteres, produtores e outros profissionais dispensados pela Disney no processo de fusão entre Fox Sports e ESPN.

De acordo com as informações do UOL Esporte, a entidade reagiu “com extrema preocupação” e pediu diálogo com a Fox para uma possível manutenção de empregos até o fim de 2021. Carmen Pereira, diretora do sindicato, manifestou sua preocupação com a onda de demissões.

“Vamos aguardar uma resposta da empresa. Caso não venha, vamos procurar o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica). Importante destacar que a empresa está descumprindo o Acordo de Controle de Concentração, quando se comprometeu a manter na grade de programação todos os eventos esportivos distribuídos no Brasil”, declarou.

A Disney iniciou conversar com o Sicav (Sindicato Interestadual dos Trabalhadores na Indústria Cinematográfica e do Audiovisual), que não cuida dos interesses dos jornalistas, mas de técnicos, câmeras e outros profissionais dos bastidores.

Só nas últimas semanas, o grupo já demitiu mais de 30 profissionais, entre repórteres, apresentadores e produtores. Antes do primeiro contato com o SJPMRJ, a Disney afirmou que eles não representam quem trabalha no Fox Sports.

Confira o comunicado do Sindicado dos Jornalistas Profissionais do Rio de Janeiro:

“SINDICATO QUER GARANTIA DOS EMPREGOS NA FOX SPORTS
O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Município do Rio de Janeiro (SJPMRJ) vê com extrema preocupação o processo cada vez mais incerto e obscuro da fusão da Disney (canais ESPN) com a Fox Brasil.

Mais de seis meses depois da aprovação pelo CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) a desinformação, a incerteza sobre o futuro e um festival de boatos cercam os 300 trabalhadores da Fox no Rio, dentre eles 60 jornalistas.

Apesar dos reiterados pedidos, a direção da Fox simplesmente tem ignorado as solicitações do SJPMRJ por uma reunião para esclarecer qual o futuro dos profissionais de imprensa. O canal passa por um processo de esvaziamento, com seis programas encerrados e várias demissões.

Contratos com pessoas jurídicas, os chamados Talentos (apresentadores, comentaristas) estão sendo renegociados ou encerrados, mas a equipe de jornalistas funcionários contratados pelo canal não recebe qualquer informação oficial.

Pelo acordo do CADE, a Disney deverá manter a Fox Sports no ar até janeiro de 2022. Isso poderia supor a manutenção dos empregos por, pelo menos, durante todo o ano de 2021. Infelizmente, o que se ouve na rádio corredor é que em janeiro haverá a dispensa de toda a equipe. Demissão em massa em plena pandemia, numa empresa que não tem problemas econômicos e num mercado de trabalho cada vez mais restrito! Medida totalmente absurda e que, na interpretação do Sindicato, burla o acordo com o CADE.

Para construir uma proposta que assegure a participação dos trabalhadores no debate sobre o futuro da Fox Sports, o SJPMRJ realizou uma reunião virtual com os jornalistas e buscará ampliar esse debate com os demais sindicatos, de maneira a garantir que o acordo assinado com o CADE seja respeitado, em defesa dos empregos e dos direitos trabalhistas.

Diretoria do SJPMRJ, 21 de dezembro de 2020″.

AvatarDa Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›