Spike Lee detona Bolsonaro e o chama de “gângster” no Festival de Cannes

Bolsonaro
Spike Lee disparou contra Bolsonaro no Festival de Cannes (Imagem: Reprodução – Instagram – Agência Brasil/ Montagem – RD1)

Spike Lee surpreendeu o público do Festival de Cannes, nesta terça-feira (6), ao afirmar que Jair Bolsonaro (sem partido), Vladimir Putin e Donald Trump são “gângsteres” e que “temos que levantar a voz” contra eles.

O cineasta e presidente do júri de Cannes em 2021 declarou na cerimônia de abertura do festival que os presidentes do Brasil e da Rússia e o ex-presidente dos EUA “não têm moral ou escrúpulos”.

“O mundo está sendo governado por gângsteres. O Agente Laranja [em referência a Trump], o cara do Brasil [em referência a Bolsonaro] e Putin. São gângsteres e vão fazer o que quiserem. Não têm moral ou escrúpulos, esse é o mundo em que vivemos, e precisamos levantar a voz contra gângsteres como esses”, disparou Spike Lee.

No último final de semana, o político foi detonado por Grazi Massafera. Sem citar nomes, a atriz perdeu o medo e criticou o governo, em meio a acusações de propina das vacinas e superfaturamento.

No fim da noite do último sábado (3), a atriz compartilhou em seu perfil do Instagram a foto de uma manifestante vestindo roupas pretas, certamente representando o luto pelas mais de 500 mil pessoas vitimadas pelo novo coronavírus, e balões da mesma cor: “Quem você perdeu por 1 dólar?”.

Grazi foi direta ao elogiar os protestos que aconteceram pelo Brasil no primeiro final de semana de julho e demonstrou sua revolta com o descaso dos governantes negacionistas:

“Não dá mais pra ignorar que estamos em perigo. Estamos tão desesperados que mais uma vez milhares de pessoas, com máscara, foram gritar em plena pandemia. Estamos falando de vidas que não foram poupadas, histórias que não foram contadas por puro descaso. Vidas perdidas pelo ódio, pela imprudência e pela violência. Descaso de gente que, em vez nos comandar, nos condena ao perigo, a morte”.

Por fim, a namorada de Caio Castro passou uma mensagem de conscientização para seus mais de 23 milhões de seguidores na rede social citada acima:

“A gente precisa de força, de união, de vacina de comida no prato. Mas tá difícil. Mais de meio milhão de pessoas em luto e um país sem perspectiva de voltar a sonhar e de que seu povo tenha seus direitos respeitados. Chega”.

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›