Thiago Gagliasso se revolta com declaração de Wagner Moura contra Bolsonaro

Thiago Gagliasso
Thiago Gagliasso soltou o verbo contra Wagner Moura (Imagem: Reprodução / Instagram)

Depois de Mario Frias e de Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), Thiago Gagliasso usou as suas redes sociais para detonar Wagner Moura. Ao compartilhar a notícia de que o artista afirmou que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) “faz terrorismo no Brasil”, o ator desabafou.

“Atualizando os NÚMEROS da CULTURA do BRASIL, já passou de 13 bilhões o rombo cultural no País que deixou um legado onde 44% pardas ou pretas no Brasil não tem acesso a uma sala de cinema. Um monopólio cultural onde 90% da verba se concentrava em apenas 10% de empresas proponentes”, iniciou o irmão de Bruno Gagliasso.

Thiago Gagliasso ainda declarou no Instagram: “Tinha cultura no Brasil? Ou existia uma torneira de grana jorrando para o bolso desses pilantras? Queria muito que cada ator com esse talento e visibilidade pudesse ir a Brasília, ver a sujeira de perto. Iriam pensar 10x antes de falar da cultura”.

No Twitter, ele também fez referência ao filme Tropa de Elite e debochou das falas de Wagner Moura no Roda Viva, nesta semana. “Já estamos nos acostumando com Superman voando pra trás, ok. Mas o CAPITÃO NASCIMENTO virando Deputado Freixo? NÃO! Honre seu personagem, Wagner Moura, Deputado Fraga agora?”, disparou ele.

O apoiador de Bolsonaro ainda completou: “Usa tua visibilidade pra mostrar a merd* que se encontra a Cultura do Bandeira do Brasil com 13 Bi de corrupção. Acorda 01”.

Thiago também escreveu: “Brasileiro não merece isso! @mariofriasoficial, o capitão nascimento precisava ir a Brasília”. Nos comentários, o secretário de Cultura reagiu: “Admirador de ditador e bandido. Patético”.

MAIS LIDAS

Luiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e colunista do RD1. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser encontrado através do email [email protected]
Veja mais ›