TRE-RJ toma atitude contra Marcelo Crivella e a Record

Marcelo Crivella
Marcelo Crivella e Record são alvos do TRE-RJ (Imagem: Reprodução / Globo)

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio (TRE-RJ) decidiu intimar o prefeito do Rio, Marcelo Crivella (Republicanos) e a Record por conta de “propaganda subliminar” na programação televisiva. O político tenta reeleição neste ano.

Em despacho, assinado na última segunda-feira (5) pela juíza Luciana Mocco Moreira Lima, mostra que um denunciante anônimo apresentou fotografias e prints de tela apontando que a emissora passou a divulgar, no início de setembro, um contato por WhatsApp.

O tal telefone, no entanto, termina com o número de urna do Republicanos, partido de Crivella. A juíza entendeu que a divulgação reiterada do número de telefone, inclusive com gestos, poderia beneficiar o prefeito.

“É nítido que o apresentador faz o número 10 (dez) com as mãos, com o intuito de propaganda subliminar a trazer benefícios ao candidato em questão”, afirma a denúncia.

No despacho, a juíza informou não ter dúvidas de que “a documentação acostada pelo Ministério Público comprova fato grave que merece imediata reprimenda estatal”, e que a conduta da emissora “afronta a legislação eleitoral”.

A Record afirmou em nota que seus apresentadores não fizeram “alusão a candidatos/partidos políticos ou coligações”. Além disso, o canal disse que o número foi fornecido pela operadora de telefonia.

CONTINUE LENDO →

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.