Pica-Pau (Imagem: Reprodução)

Quem curte desenhos animados sabe que muitos animais que ali estão representados existem na vida real. Mas há outros bichos da fauna que só conhecemos pelo protagonismo em suas animações e não sabemos como são realmente.

Já imaginou como seriam os animais dos desenhos animados na vida real? “Como correm? Como andam? Como voam? O que fazem? Onde vivem? Como se reproduzem? Sexta, no Globo Repór…“. Ops, agora, na nossa coluna! Confira 11 animais da vida real que viraram desenho animado!

1 – Piu-Piu

Piu-Piu (Imagem: Reprodução)

Uma das aves mais carismáticas e amadas dos desenhos animados é o Piu-Piu. O canarinho que encanta gerações de crianças pela telinha ao redor do mundo foi criado como um integrante do Looney Tunes. Sempre com sua voz fina e enorme cabeça, o Piu-Piu existe na vida real e possui, também, penas amarelas. Claro que, para virar desenho, houve algumas modificações para que a criação ficasse mais fofinha e agradasse ao público.

2 – Mestre Shifu

Mestre Shifu (Imagem: Reprodução)

Mestre em “Kung Fu Panda”, Shifu é um animal misterioso. Não se sabe, exatamente, o que ele é. Não se sabia! Haha! Nós desvendamos o mistério. Shifu é um Procyons (Pandas vermelhos e/ou Guaxinins). Esses animais são mamíferos da mesma espécie de pequenos e curiosos seres que se intrometem em todos os assuntos alheios. Muito inteligentes, os Procyons vivem em pequenas comunidades sendo muito ágeis. Em bando, entram em qualquer lugar sem serem convidados. Por conta disso, os membros acabam conseguindo várias coisas, ao longo do dia, por roubarem em pequenas vendas pela região onde vivem, o que aumenta a fama de encrenqueiros. Tais animais são encontrados nas Américas. No Brasil, o “guaxinim” e “jaquacinim” são vários Procionídeos, em especial ao Procyon cancrivorus (mão-pelada).

3 – Coiote

Coiote (Imagem: Reprodução)

Esse é um dos mais conhecidos ao redor do mundo. O Coiote é clássico nas tentativas (fracassadas) de tentar caçar o Papa-Léguas no desenho “The Road Runner”. O coiote é um mamífero da família Canidae e do gênero Canis. Esses animais são encontrados na América do Norte e Central. Vivem, geralmente, sozinhos, mas podem se organizar em matilhas e seu tempo de vida médio é de 6 anos. O pelo é marrom com tons de branco e suas orelhas estão sempre atentas para qualquer barulho ao seu redor.

4 – Papa-Léguas

Papa-Léguas (Imagem: Reprodução)

Se tem o Coiote, tem que ter o PapaLéguas na lista! Há quem questione sobre a verdadeira existência deste animal, tão rápido quando o ligeirinho. A resposta é: sim, ele existe! O Papa-Léguas é um pássaro que, cientificamente, é chamado de Geococyx velox, mas é conhecido pelo apelido de Galo-Cuco. Este animal vive nos desertos dos Estados Unidos, sendo encontrado com mais frequência pela Califórnia. Mas há diferenças entre a versão animada e a real. Enquanto no desenho o Papa-Léguas tem grande estatura e plumagem em tons azul, na realidade, o Geococyx velox tem penas em tons marrom e sua altura máxima é de 50 centímetros.

5 – Taz Mania

Taz (Imagem: Reprodução)

O Diabo-da-Tasmânia ou Demônio-da-Tasmânia ganhou sua versão animada como Taz-Mania. Na vida real, o demônio é um mamífero marsupial da família Dasyuridae endêmico da ilha da Tasmânia, Austrália. Sua aparência superficial é de um urso com as orelhas peludas e pelagem castanha escura a negra. Na telinha, Taz é um dos clássicos dos desenhos animados e conhecido por várias gerações. Taz integra os Looney Tunes, produzido pela Warner Bros. Retratado com a cor marrom, Taz vive girando em pequenos redemoinhos e fazendo travessuras com a turma. O demônio-da-tasmânia real possui pelagem diferente com possíveis listras brancas além de ter o porte físico menor do que vemos nas animações.

6 – Pica-Pau

Pica-Pau (Imagem: Reprodução)

Um dos animais mais conhecidos tanto na TV quanto na vida real: o PicaPau. Este é a personagem principal do desenho animado que leva seu nome. Representado por uma ave com penas vermelhas, azuis e brancas, o do desenho é sempre maquiavélico em suas ações e super preguiçoso. Pica-Pau está sempre envolvido em situações em que precisa se dar bem para sair vitorioso sobre alguém. Ele gosta de comer, mas o que menos gosta mesmo é de ‘picar pau’. Na realidade, o Pica-Pau se alimenta de larvas e insetos ao bicar as copas das árvores para achá-los entre as cascas das madeiras. Tem porte médio, com penas coloridas e os machos têm crista vermelha. São muito numerosos no Brasil habitando bosques onde fazem seus ninhos.

7 – Garfield

Garfield (Imagem: Reprodução)

O gato mais preguiçoso do mundo. Alguma dúvida? E o único que é voraz por lasanha. O Garfield é um gato, mamífero, da raça Persa de pelo curto. Sua origem vem do Irã, antiga Pérsia. Sua aparência chamativa, de pelagem longa e focinho achatado, fez do Persa uma raça de gatos domésticos. Na telinha, Garfield vive com seu dono, Jon Arbuckle, e Odie, um cão “idiota” (definição dada pelo próprio Garfield) que vive com a língua de fora (por isso Garfield o chama de “língua com olhos e patas”). Garfield, em desenho, já esteve presente na TV, cinema, tirinhas de jornais e livros retratando a vida tediosa do felino que só pensa em comer lasanha.

8 – Snoopy

Snoopy (Imagem: Reprodução)

Um Beagle! Você sabia que o Snoopy é um cão da raça Beagle? Pois é! O companheiro do Charlie Brown não se parece muito com um beagle, mas teve inspiração nesta raça. O beagle real é uma raça de caça de pequeno a médio porte com origem no Reino Unido. Os beagles têm olfato apurado e são muito inteligentes além de populares como animais de estimação por questões como: tamanho, temperamento e ausência de problemas de saúde genéticos. Na cultura popular, o beagle é representado desde a época elizabethana tanto na literatura quando na pintura e, recentemente, na televisão, cinema e quadrinhos. O Snoopy dos desenhos animados “Peanuts” foi promovido como o “beagle mais famoso do mundo”. Em “Peanuts”, Snoopy é o cão de estimação de Charlie Brown. Embora seja um cachorro, a versão animada do beagle escreve histórias, joga beisebol. Além disso, assume várias identidades em obras como Joe Cool e um aviador combatendo o Barão Vermelho. Snoop tem Woodstock, um pássaro fictício, como seu melhor amigo.

9 – Ajudante de Papai Noel

Ajudante de Papai Noel (Imagem: Reprodução)

Este é conhecido por quem gosta de “Os Simpsons”. Ajudante de Papai Noel, o cão da família mais famosa do mundo é um Galgo Inglês. Conhecido como Greyhound, o animal é utilizado como cão de corrida. A origem do Galgo Inglês não tem muita precisão, mas se acredita que ele já existia antes do Pharaoh Hound, portanto, aça oriunda do Oriente Médio, mas teve na Inglaterra seu desenvolvimento. O Greyhound é um exímio caçador de veados, javalis selvagens e lebres. Sua fisionomia é proporcional, harmoniosa e bem musculosa. Tem a cabeça e orelha longas, estreitas e pequenas. A pelagem é firme e curta.

10 – Floquinho

Floquinho (Imagem: Reprodução)

Este animal dos quadrinhos e desenhos animados da Turma da Mônica não tem bem um lado… Tem, mas nunca se sabe se ele está de frente ou de costas. O que sabemos é que ele existe, também, na vida real. Trata-se de um cachorro da raça Lhasa Apso, muito conhecida no Brasil e uma das raças mais antigas. Sua origem data de 1500 e teve origem no Tibete. Por conta disso, a raça ganhou o nome Lhasa, capital do Tibete. Esta raça tem caninos de pequeno porte não-esportivo. Sua pelagem é longa e, em muitos casos, com mais de uma cor. Já Floquinho é o cachorro do Cebolinha que tem a cabeça confundia com o rabo gerando momentos engraçados. De cor verde (oi?), o pequeno tem a pelagem longa também. Por curiosidade, o site Wiki Turma da Mônica traz: “Na historinha “A Raça do Floquinho”, de Cebolinha Nº 107, é dito que Floquinho é da raça Lhasa Apso, mas na historinha “Puli, a Raça do Floquinho”, de Cebolinha Nº 14, é dito que ele é da raça Puli”.

11 – Scooby-Doo

Scooby-Doo (Imagem: Reprodução)

O melhor amigo do homem é o cão. Por isso, trouxemos ele, Scooby-Doo. O caçador de mistérios mais (ou menos) corajoso dos desenhos animados tem sua versão na vida real. Isso mesmo! Scooby é da raça Dogue Alemão (em alemão: Deutsche Dogge), conhecido como cão dinamarquês. Originado na Alemanha, a raça é conhecida pelo seu porte gigante. De temperamento equilibrado, o animal é utilizado como guarda e para a companhia de pessoas. Tem um padrão elegante e imponente. É a raça mais alta do mundo conforme traz o Guinness Book (a raça traz o cão Zeus com 1,12 m de altura na cernelha e a maior fêmea, Lizzy, com 96,41 cm na cernelha – região proeminente nos grandes quadrúpedes onde se unem as espáduas em forma de cruz). Nos desenhos, Scooby-Doo é uma produção da Hanna-Barbera e foi criado em 1969. É o segundo desenho norte-americano com o maior número de temporadas, perdendo apenas para “Os Simpsons”, mas deverá ultrapassar a família em breve com novas aventuras.

Abaixo, seguem algumas personagens dos desenhos animados que também são reais e não listamos. Confira o vídeo.

_____________________________________________

Reuber Diirr é jornalista formado pela Universidade Federal do Espírito Santo com especialidade no entretenimento de TV. Atuante em sites sobre Televisão, Reuber já passou por emissoras como a Record News Espírito Santo e a TV Gazeta, afiliada da Globo no ES. Curioso e ligado em assuntos nostálgicos, Reuber trará temáticas que relembrarão os meandros da televisão brasileira na coluna “TV Nostalgia”, publicada aos domingos no RD1. Siga-o no Twitter, Instagram, Facebook, Snapchat e YouTube em @reuberdiirr.

_____________________________________________

Saiba Mais:

Chapolin Colorado: desastrado ou anti-herói? Descubra algumas curiosidades do seriado mexicano

Relembre 10 programas infantis que marcaram os anos 1980 e 1990 na TV brasileira

Confira 20 bordões que deram o que falar nas novelas brasileiras

Veja 14 personagens que saíram dos desenhos para a vida real

Recomendados para Você:

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Está opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!