Viih Tube se revolta e expõe perfis que enviaram mensagens de assédio em suas redes sociais

Viih Tube
Viih Tube mostrou os prints das mensagens que recebeu nas redes sociais (Imagem: Reprodução / Instagram)

Viih Tube surpreendeu os seguidores ao revelar que recebeu mensagens nada agradáveis em suas redes sociais. No Instagram, a youtuber expôs e marcou os perfis que mandaram mensagens de assédio para ela.

“Já que vocês são os bonzões, que ficam me assediando, acredito que não vão ligar se eu expuser vocês, não é?“, escreveu na legenda da publicação em seus Stories.

Em uma das mensagens, o internauta pediu que a ex-BBB mostrasse os seios. Outro revela: “Não sou milionário, mas posso te dar um jato branco todo dia“. “Manda uma foto da bu***“, disparou um terceiro.

No começo do mês, inclusive, a famosa fez um verdadeiro desabafo sobre o Setembro Amarelo.

Em um vídeo, a ex-BBB abriu o coração e falou sobre o que enfrentou durante esses anos que está ativamente na internet. Na legenda, a famosa escreveu: “Setembro Amarelo – Eu sobrevivi. A internet não é brincadeira, valorize a sua vida e a do outro também”.

No início, a loira explicou que iria mostrar uma gravação que fez aos 16 anos, mas que nunca postou. A filmagem foi feita em uma época que a youtuber recebia diversos ataques de ódio. De acordo com a ex-sister, ela tentou cometer suicídio uma semana depois de ter feito o vídeo.

Eu merecia ouvir alguns dos xingamentos que me fizeram, mas a maioria das coisas eu sei que eu não mereci. As pessoas esquecem que eu sou uma pessoa normal, que erra como todo mundo erra. Para eles a melhor coisa seria eu sumir, desaparecer, eu morrer“, declarou a influencer na gravação de 2015.

Na sequência, Viih voltou a falar e explicou que atualmente faz terapia. “Eu criei um negócio dentro de mim que eu não sinto mais nada“, desabafou a influenciadora digital, que contou as ameaças horríveis que recebe. “Leio de tudo que vocês imaginarem e nada me assusta mais“, disse. “Eu vivo calejada”, lamentou a jovem.

Eu já recebi e-mails com o endereço de onde eu morava no interior, era uma casa de rua. As pessoas que sabiam onde eu morava vazaram. Recebia com o horário, data e como iam me matar, isso com 15 anos de idade. Lembro de momentos que na data e horário que estavam no e-mail eu ficava trancada no banheiro de medo”, recordou a criadora de conteúdo.

Após viver tudo isso, Viih afirmou: “Hoje eu sei que não me afeta mais. Acho até estranho ter me tornado essa pessoa, me sinto calejada. Não me magoa mais, não tenho mais medo de hate. Acho que não me causaria mais mal, mas por outro lado perdi muito a minha essência”.

MAIS LIDAS

Guinho Santos
Guinho Santos é formado em Jornalismo e escreve sobre o universo das celebridades há dez anos. Reality show, bastidores da TV e novelas também são seus pontos fortes. Além disso, possui experiência como Social Media e apresentador. Seu canal na web é através do Instagram @guinhosantos__.
Veja mais ›