Éramos Seis: Alfredo fica entre a vida e a morte durante guerra

Éramos Seis
Alfredo (Nicolas Prattes) ficará na mira das tropas inimigas em guerra, em Éramos Seis (Imagem: Reprodução / Globo)

Soldado na guerra da Revolução Constitucionalista de 1932, Alfredo (Nicolas Prattes) vai correr risco de morte, nos próximos capítulos de Éramos Seis. Lutando contra as tropas de Getúlio Vargas, o rapaz ficará na mira de um dos militares rivais durante o conflito 

De acordo com a coluna de Patrícia Kogut, do jornal O Globo, o filho de Lola (Gloria Pires) vai se alistar para lutar na batalha junto com o pelotão dos paulistas e, em meio ao confronto, ele será surpreendido por um forte ataque dos seus adversários.

“Paulista! Acorda para tomar café!”, gritará um deles. O jovem ficará sob a arma de um soldado, enquanto outro do território inimigo vai incentivar que o aliado atire em Alfredo deixando o rapaz em pânico.

Junto com Alfredo, Tião (Izak Dahora), um dos melhores amigos do rapaz, também vai lutar pelos seus direitos e em meio ao confronto vai acabar sendo baleado. O barman vai perceber que Alfredo está em perigo e vai entrar na frente dos tiros salvando a vida do parceiro.

O filho da doceira fica desesperado ao ver o estado do amigo e o leva imediatamente ao hospital, mas Tião não irá resistir aos ferimentos do disparo e acabará morrendo momentos depois, deixando Alfredo completamente arrasado.

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.

WordPress Lightbox