Estrelas da Globo devem ficar de fora de nova novela das 18h

Globo
Gabriela Duarte e Thiago Lacerda caracterizados como Julieta e Darcy em Orgulho e Paixão (2018); estrelas da Globo devem ficar de fora de Além da Ilusão (Imagens: João Miguel Júnior / Globo)

Novela das 18h que a Globo pretende exibir na sequência de Nos Tempos do Imperador, Além da Ilusão está passando por um completo processo de restruturação. Os adiamentos impostos pela pandemia de Covid-19 e a troca de Pedro Vasconcelos por Luiz Henrique Rios na direção artística afetaram o elenco. De todos os nomes divulgados para a trama de Alessandra Poggi, apenas quatro foram mantidos.

Larissa Manoela segue como protagonista, ao lado de Rafael Vitti. Bárbara Paz e Paulo Betti também estão confirmados. A atriz viverá uma governanta. O tipo reservado para o ator, a princípio, é dono de um cassino, casado com uma viciada em jogos. Zezé Polessa, que responderia pela esposa, foi deslocada para Verdades Secretas 2. Assim como Claudia Raia, requisitada por outro dos originais Globoplay, Paraíso Perdido.

Antes da saída de Vasconcelos da Globo e do chamado de Luiz Henrique para o folhetim, Além da Ilusão contava também com Dan Stulbach, Eriberto Leão, Gabriela Duarte, Helga Nemetik, Isabella Santoni, Jayme Matarazzo, Monique Alfradique e Thiago Lacerda. Maurício Destri, o antagonista, foi substituído por Danilo Mesquita, conforme informação da jornalista Patrícia Kogut, de O Globo.

O enredo traz a obsessão de Davi (Rafael) por Isabela (Larissa). O mágico, que ganha a vida com números realizados nas ruas, é acusado pelo misterioso assassinato da moça. Ao deixar a prisão, conhece Isadora (também Larissa), irmã da falecida, imagem e semelhança dela. O romance encontra a resistência de Joaquim (Danilo), interessado na fortuna da caçula de uma família de industriais.

Antes tarde…

Prometidas para o último dia 17, por ocasião do lançamento da série documental Meu Amigo Bussunda, as cinco primeiras temporadas do Casseta & Planeta, Urgente! chegaram ao Globoplay nesta sexta-feira (25). Os programas exibidos entre 1992 e 1996 diferem do formato semanal lançado em 1998, quando as reportagens de rua foram quase que totalmente substituídas por esquetes.

Alerta

O streaming do Grupo Globo inseriu em tais edições do Casseta a mesma mensagem aplicada pelo Canal Viva em suas novelas: “Esta obra reproduz comportamentos e costumes da época em que foi realizada”. O aviso atende tanto os dispostos a descontextualizar o conteúdo e repercuti-lo de forma negativa, quanto os que não evoluíram suficientemente para entender que há posições e “piadas” que só cabem, e olhe lá, no passado.

Falando nisso

Os capítulos de Roque Santeiro (1985) no Globoplay estão sendo substituídos. É que havia perda de imagem na lateral superior, como se o vídeo tivesse sido achatado, na versão disponibilizada na segunda-feira (21). Grande parte dos capítulos já foi alterada, atendendo aos pedidos da comunidade noveleira.

Falso brilhante

Outra polêmica quanto à imagem envolve o Viva, que confirmou à coluna Curto-Circuito a exibição em HD de Paraíso Tropical (2007). As primeiras chamadas da trama trazem o já conhecido “esticamento”. O canal esclareceu, através das redes sociais, que Paraíso foi gravada em HD, mas no formato 4:3, o da tela quadrada. O método utilizado para deixar a produção em 16:9, retangular, é que acarreta na perda de qualidade.

Bagunça

A Globo se atrapalhou com o bloco de cenas do capítulo anterior de Império (2014) exibido ontem. As sequências resumidas, como a do rompimento de Cristina (Leandra Leal) e Vicente (Rafael Cardoso) ou a da descoberta da gravidez de Du (Josie Pessoa), ainda não tinham sido exibidas. Com isso, o público, ao invés da retrospectiva, teve uma prévia das emoções que estavam por vir…

Throwback thursday

A Sessão da Tarde vai adotar, a partir do dia 1°, a quinta-feira do retorno – throwback thursday ou TBT, sigla famosa no Instagram. A intenção é revisitar clássicos da faixa em tal dia da semana, começando por Os Goonies (1985). A medida também visa a audiência da sessão. Os baixos índices estão atrapalhando o desempenho de Tititi (2010) em Vale a Pena Ver de Novo.

Vale a pena ver de novo

Jô Soares
Jô Soares e Silvio Santos na edição do Em Nome do Amor que marcou a saída do primeiro do SBT; programa será reprisado neste domingo (27) (Imagem: João Batista da Silva / SBT)

Contratos encerrados e consequentes trocas de emissora, como se viu recentemente com Fausto Silva, Globo e Band, são comuns. Mas, tempos atrás, as transações eram feitas com mais civilidade. Quando deixou o SBT, Jô Soares foi homenageado por Silvio Santos com uma edição especial do Em Nome do Amor, reapresentada pelo canal amanhã (27), após as 20h.

Duh Secco e Luiz Fábio Almeida
A coluna Curto-Circuito é assinada por Duh Secco e Luiz Fábio Almeida, editores-assistentes do RD1 e reúne, de terça a sábado, logo cedinho, o que é e vai virar notícia nas próximas horas envolvendo os movimentados bastidores da TV.
Veja mais ›