Leo Rosa
Léo Rosa fez vaquinha virtual para arrecadar dinheiro para tratamento contra o câncer (Imagem: Reprodução)

Léo Rosa manifestou-se pela primeira vez após a arrecadação criada para ajudar no custeio de seu tratamento contra o câncer ter atingido a meta. Ao site da jornalista Patrícia Kogut, de O Globo, ele revelou que manterá a vaquinha até julho deste ano.

Segundo o ator, que enfrenta uma batalha contra a doença desde 2017, o valor arrecadado, de R$ 145 mil, não é suficiente para cobrir todo o tratamento, que será feito nos Estados Unidos. A quantia foi levantada em nove dias de arrecadação.

“Esse valor colocado no site contemplará os exames iniciais e a minha estadia no México, onde farei o tratamento. Devo ir no início de junho. Depois disso, precisarei passar por outra etapa, na Europa ou nos EUA, já que no Brasil não existe o tratamento específico para a minha situação”, disse à publicação.

Além da iniciativa, amigos também se mobilizaram em prol de Léo: enquanto o diretor Caio Sóh leiloou um quadro e reverteu o valor para o ator, Evandro Mesquita e Maria Gadú se ofereceram a doar o cachê de shows para o tratamento.

“Nunca imaginei que haveria uma repercussão tão grande. Recebi doações de fãs de outros países e de pessoas que nem sei quem são. Para mim, é como se essas pessoas estivessem doando a energia delas. Afinal, esse dinheiro é fruto do trabalho delas. Isso me emociona e me dá uma vontade de viver enorme. Essa onda de amor vai ser parte importante da minha cura”, contou.

Aos 35 anos, Léo não se deixa abater pela doença, tanto que falará dela no longa “Hashtag”, dirigido pelo amigo Caio e que é totalmente filmado com um celular. Em algumas cenas, ele afirmou que revelará um pouco mais sobre a doença. Rosa também confidenciou que pretende criar um canal no YouTube para compartilhar experiências.

Sobre a arrecadação, Léo revelou que, recentemente, foi abordado na praia por uma moradora que, além de dizer que ele “não estava com cara de doente”, revelou perplexidade por ele ter que arrecadar dinheiro para o tratamento. “Isso mostra um pouco do falso glamour que existe em torno da nossa profissão. A maior parte dos atores está correndo atrás e enfrentando dificuldades com qualquer brasileiro”.

 

Recomendados para Você:

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Esta opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!