Maria Cândida fala sobre luto e chora no É De Casa ao lembrar da morte do pai

Maria Cândida
Maria Cândida ao vivo no É De Casa; apresentadora se emociona ao falar sobre luto (Imagem: Reprodução / Globo)

A Globo mobilizou a equipe do É De Casa para a cobertura sobre a morte de Marília Mendonça (1995-2021) na manhã deste sábado (6). Maria Cândida não segurou a emoção e chorou ao falar sobre o luto e a perda do pai, o engenheiro elétrico Milton Gomes, em 2010. “Não passa nunca”, desabafou.

“Vou sair um pouco do roteiro e contar uma experiência pessoal. Eu tive que contar para a minha mãe sobre a morte do meu pai, que foi uma morte trágica, foi uma queda em 2010. Se eu me emocionar, é porque ainda é difícil pra mim. Foi em 2010, hoje em 2021 ainda é difícil pra mim”, disse.

A apresentadora contou que o pai saiu para o trabalho, uma vistoria em um prédio, e caiu de uma altura de três andares. “Ele foi fazer uma inspeção numa obra, num prédio, foi fazer a inspeção num vão, não tinha corrimão e ele caiu de uma altura de três andares e morreu na hora. A família foi avisada, a gente não sabia como contar para a minha mãe”, recordou.

Maria Cândida argumentou que a morte repentina, “você sempre se culpa pelo que você não fez”, e exemplificou: “O abraço que você não deu, a despedida que não aconteceu… Como a gente lida com isso depois de dez anos, depois de cinco anos?”.

Depois de comentários de Ana Furtado e Tati Machado, Maria voltou ao assunto visivelmente emocionada. “É difícil, porque não passa nunca. Não vai passar! A gente lembra e, como eu tive que citar, mexe com o nosso coração. Mas tem que celebrar os momentos maravilhosos que a gente teve com as pessoas”, declarou.

Luto

Marília Mendonça, de 26 anos, morreu nesta sexta-feira (5). A sertaneja estava à bordo de um King Air C90A que caiu nos arredores da cachoeira da Piedade, próximo ao Aeroporto de Ubaporanga, em Minas Gerais.

Além da sertaneja, mais quatro pessoas estavam a bordo da aeronave, um bimotor Beech Aircraft. Dois assessores, o piloto e o copiloto.

Marília estava indo para um show em Caratinga. Antes de embarcar, inclusive, ela fez um vídeo em que aparece entrando no avião e publicou no Twitter.

“O Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais informa que nesta sexta (5), ocorreu a queda de uma aeronave de pequeno porte, modelo Beech Aircraft, na zona rural de Piedade de Caratinga. O CBMMG confirma que a aeronave transportava a cantora Marília Mendonça e que ela está entre as vítimas fatais”, disse a nota do Corpo de Bombeiros.

MAIS LIDAS

Paulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email [email protected].
Veja mais ›