SBT Vídeos amplia catálogo com versões nacionais de clássicos da Televisa

SBT Vídeos
Karla Tenório (Olívia), Cacau Mello (Nicole), Lisandra Parede (Laura) e Thaís Pacholek (Helena) em Amigas e Rivais; SBT Vídeos deve disponibilizar novela em setembro (Imagem: Divulgação / SBT)

O SBT Vídeos promete disponibilizar novos títulos da fase 2001-2007 de sua dramaturgia, marcada por adaptações de títulos da Televisa. Nesta quarta-feira (8), o streaming lançou, em seus perfis oficiais no Instagram e no Twitter, uma enquete para que os usuários escolham a próxima estreia: Marisol (2002) ou Amigas e Rivais (2007).

“Qual destas novelas clássicas do SBT eu coloco primeiro no meu catálogo, em setembro?”, questionou a plataforma, dando a entender que as duas tramas serão oferecidas ao público. Amigas e Rivais lidera as enquetes nas duas redes: 65% no Instagram e 64,8% no Twitter, até a última consulta do RD1.

Marisol, cabe lembrar, marcou a estreia de Bárbara Paz como atriz de novela após a vitória na primeira edição da Casa dos Artistas (2001). A vendedora de flores envolve-se com Rodrigo (Carlos Casagrande), provável herdeiro da fortuna de Augusto Lima do Vale (Serafim Gonzales), que, coincidentemente, é o avô que Marisol tanto procura. O folhetim atraiu audiência, graças às viradas mirabolantes e ao destempero da vilã Amparo (Glauce Graieb).

Já Amigas e Rivais é centrada nos conflitos de quatro jovens: Olívia (Karla Tenório), Nicole (Cacau Mello), Laura (Lisandra Parede) e Helena (Thaís Pacholek). A adaptação de Letícia Dornelles padeceu com a audiência aquém das expectativas – no pior momento para o SBT na guerra dos números travada com a Record. Em 2010, a produção foi reapresentada à tarde; os capítulos descartados na exibição original foram transmitidos, diante dos bons índices.

Até o momento, o SBT Vídeos oferece apenas duas novelas deste período de versões nacionais para textos mexicanos, Amor e Ódio (2001) e Esmeralda (2004). As tramas infanto-juvenis, de Carrossel (2012) a As Aventuras de Poliana (2018), integram o catálogo, assim como Revelação (2008), desenvolvida por Íris Abravanel, e Amor e Revolução (2011), assinada por Tiago Santiago.

Confira:

Duh Secco
Duh Secco é  "telemaníaco" desde criancinha. Em 2014, criou o blog Vivo no Viva, repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.
Veja mais ›