The Masked Singer Brasil: Globo troca reality sensação por futebol

The Masked Singer Brasil
Ivete Sangalo e Marcelinho Carioca, último eliminado do The Masked Singer Brasil; Globo suspende reality para exibir futebol (Imagem: Kelly Fuzaro / Globo)

O The Masked Singer Brasil vai ceder o seu horário em duas semanas para a Globo transmitir partidas de futebol em breve. O público da atração vai precisar segurar a ansiedade, pois ficará sem descobrir mascarados nos dias 7 de setembro e 12 de outubro.

Na primeira data, a emissora carioca transmitirá Corinthians x Juventude, embate válido pela 19º rodada do Campeonato Brasileiro. O duelo entre os times acontecerá na Neo Química Arena e terá a sua bola rolando a partir das 21h30.

Já no dia 12 de outubro, a Globo exibirá Brasil x Uruguai, mais um jogo importante das Eliminatórias da Copa. Assim como o confronto do Brasileirão, a partida da seleção brasileira também tem previsão para acontecer no horário nobre do canal, mas os detalhes ainda não foram divulgados.

As exibições dos jogos nos próximos dois feriados já estavam planejadas na programação da emissora e, sendo assim, já haviam sido incluídas no plano comercial do reality apresentado por Ivete Sangalo. Com isso, o cronograma da atração segue sem sofrer mais alterações até a sua final, no dia 19 de outubro.

Erro de matemática

Falando no programa, na edição desta semana, a Globo deixou passar um erro de cálculo durante uma das votações. No duelo entre a Arara e o Astronauta, a primeira personagem havia recebido 62% dos votos, enquanto o outro 43%. No entanto, esses valores somados dão um total de 105%. Diferente do que foi mostrado durante o reality, o Gshow anunciou o resultado verdadeiro após o programa: “A Arara vence o combate, com 62% dos votos do público. Astronauta recebe 38%”.

Vem aí

Confissões de uma Garota Excluída
Marcus Bessa (Zeca), Klara Castanho (Tetê) e Gabriel Lima (Davi) em Confissões de Uma Garota Excluída; longa-metragem estreia na Netflix em setembro (Imagem: Laura Campanella / Netflix)

O filme Confissões de Uma Garota Excluída, baseado no livro de Thalita Rebouças – hoje repórter do The Voice Kids –, estreia na Netflix em 22 de setembro. Klara Castanho encabeça a produção, centrada numa garota que, após anos enfrentando bullying dos colegas de escola, tem a chance de “recomeçar”. Os pais desempregados saem da Barra de Tijuca rumo à casa dos avós, em Copacabana. No novo colégio, Tetê, ou Tetê do Cecê (Klara), conta com o apoio dos também excluídos Davi (Gabriel Lima) e Zeca (Marcus Bessa).

Com direção de Bruno Garotti, roteiro de Thalita Rebouças, Flávia Lins e Christiana Oliveira e participações de Stepan Nercessian, Rosane Gofman, Lucca Picon, Kiria Malheiros, Júlia Rabello, Caio Cabral e Alcemar Vieira, Confissões de Uma Garota Excluída reforça a aposta da Netflix em conteúdo nacional.

Falando nisso…

Outro longa-metragem nacional da Netflix, 7 Prisioneiros, será exibido no próximo dia 6 dentro do 78º Festival Internacional de Cinema de Veneza. Christian Malheiros e Rodrigo Santoro estrelam a obra, selecionada para a categoria competitiva Orizzonti Extra. O streaming garante que 7 Prisioneiros, dirigido por Alexandre Moratto – também roteirista, com Thayná Mantesso –, será disponibilizado para assinantes ainda este ano. O enredo acompanha Mateus (Malheiros), vítima de um sistema de trabalho análogo à escravidão no ferro velho comandado por Luca (Santoro).

Mais e mais Brasil

O 78º Festival Internacional de Cinema de Veneza vai contar também, na mostra Venice Days, com Deserto Particular, nova produção de Aly Muritiba – diretor de O Caso Evandro, do Globoplay. Através de Daniel (Antonio Saboia), no encalço de uma jovem com quem se correspondia por aplicativos de celular, a narrativa discute “os afetos masculinos no Brasil contemporâneo”, palavras do diretor.

Sobe o som

Lucas Burgatti
Lucas Burgatti na série da Star+ que revisita trajetória de Silvio Santos; ator formará boy band na trama (Imagem: Divulgação)

Eis Lucas Burgatti, o Eric de As Aventuras de Poliana, caracterizado para a série do Star+ sobre a trajetória de Silvio Santos. Na trama, o ator vive Lucca, líder da boyband Ludos, em ascensão no agitado cenário musical da década de 1980 – qualquer semelhança com Dominó e Polegar, figurinhas carimbadas dos programas de auditório do SBT na época, não deve ser mera coincidência…

Estou muito animado com essa oportunidade de atuação porque o intervalo das gravações de ‘Poliana’ permitiu que eu me dedicasse à música nessa quarentena, e lancei até um som novo muito bacana chamado ‘Desabafo’. Me escolherem para o papel de líder de uma banda é incrível, porque junta duas das minhas paixões: a música e a atuação, e eu dei o meu melhor”, celebra.

Duh Secco e Luiz Fábio Almeida
A coluna Curto-Circuito é assinada por Duh Secco e Luiz Fábio Almeida, editores-assistentes do RD1 e reúne, de terça a sábado, logo cedinho, o que é e vai virar notícia nas próximas horas envolvendo os movimentados bastidores da TV.
Veja mais ›