Anitta
Anitta, Reynaldo Gianecchini e Diego Hypólito são destaques da #Fofoquei (Imagens: Reprodução / Montagem – RD1)

Anitta tomando atitude para ajudar criança que viralizou, Reynaldo Gianecchini surpreendendo com desabafo e Diego Hypólito chocando com revelação. Esses são os destaques da #Fofoquei desta quarta-feira (13).

Atitude caridosa

Anitta foi uma das pessoas que se comoveram com a história de Guilherme, garoto de 10 anos que viralizou ao usar o tablet de uma loja em Recife para fazer o trabalho escolar. Ao saber da situação, a cantora resolveu ajudar a criança.

Depois da repercussão das imagens, que se espalharam, a funkeira decidiu ajudar a família do menino. Ela fez com que uma marca de eletrônico doasse dois tablets para ele. Anitta também garantiu que vai intermediar para que uma empresa de telefonia fornecesse um plano de internet para o garoto.

“Vocês lembram do menino que foi para uma loja de um shopping em Recife para estudar? Deu tudo certo. Já falamos com ele, que está com dois tablets. Queria falar com outra empresa porque a gente também podia fornecer uma internet, um plano para ele ter onde fazer as pesquisas”, explicou a famosa.

A artista também foi atrás de um projeto voluntário que ajuda a reformar casas de pessoas carentes, após ela descobrir que o pequeno Guilherme e a família estão vivendo em um local pequeno e em mau estado.

“Alguém fez um vídeo dele falando que era muito meu fã, por isso que eu liguei, entrei em contato. E nesse vídeo a mãe dele falava que eles precisavam de uma reforma. Eles, pagam aluguel hoje, mas eles têm uma casa que não conseguem habitar porque precisa de uma reforma”, contou ela. “Vou entrar em contato com eles”, completou.

Surpreendeu

Se tem uma coisa que não causa preocupação em Reynaldo Gianecchini, é a idade. O ator, que nesta semana completou 47 anos de vida, revelou em entrevista ao Gshow que, ao contrário da maioria das pessoas, ele não teme pela aproximação da velhice.

“Não tenho nenhuma preocupação com o fato de envelhecer. Estou adorando cada etapa nova que estou conquistando e não tenho nenhuma ansiedade com isso. Em cada idade a gente tem que estar presente e vivendo exatamente as características dela”, afirmou.

“Depois dos 50, espero estar em outro lugar interno, mais tranquilo. Não dá para prever a cabeça que vou ter, só estando lá para saber. A vida vai mudando tanto, nada é estático. Cada idade tem que estar feliz com o que está vivendo“, disse ainda.

O galã, que atualmente está no ar em A Dona do Pedaço, novela das 21h da Globo, ainda durante o bate-papo, falou sobre o que tem feito para chegar à terceira idade com vigor.

“Quero olhar para mim no espelho e achar que estou legal, é uma questão de se gostar. Primeiro de tudo tem que estar em paz com a gente mesmo para gostar do mundo. Para isso é preciso fazer a nossa parte. Gosto de me movimentar, me alimentar bem e saber que meu corpo esta sendo bem tratado”, declarou.

Revelações chocantes

O ginasta Diego Hypólito recebeu uma crítica de um seguidor e decidiu desabafar em seu perfil no Instagram. Um internauta o criticou após o atleta afirmou que não se definia “nem como de esquerda e nem como de direita”. Segundo o fã, o esportista usufruiu das conquistas esquerdistas.

“Você assumiu sua orientação e fez relatos sobre o bullying graças à esquerda. Somos nós que levantamos essas bandeiras, você se desfruta do que conquistamos e não dá valor a isso”, disse o usuário da rede social.

Em resposta ao comentário, Diego Hypólito falou sobre o bullying que sofreu na infância por ser homossexual e revelou que foi obrigado até a pegar uma pilha com o ânus, durante seus treinamentos de ginástica.

“Vim de raízes muito humildes, sete anos seguidos sendo vendedor ambulante em Copacabana e sendo chamado de cabeça de caminhão, Frankestein… Na mesma época, me prendiam em uma caixa de plinto, que era chamada de caixão da morte. Meu técnico falava para minha mãe que eu era gay desde os meus 11 anos de idade. Me faziam ficar nu com 9 anos de idade, pegar uma pilha com o ânus na frente de vários outros atletas, pois senão, me espancavam e me humilhavam, rindo e achando isso o máximo”, escreveu ele.

Preconceito em campo

O jogador Dentinho foi vítima de racismo durante um jogo do Shaktar Donetsk, contra o Dynamo em Kiev, na Ucrânia, e Dani Souza, sua mulher, não ficou calada diante da situação.

Nas redes sociais, ela se pronunciou sobre o ocorrido e lamentou: “Hoje o meu marido foi vítima de mais um episódio de racismo aqui na Europa. É muito triste saber que em pleno 2019 atitudes como essa ainda existem”.

“O que ele sofreu dentro do campo, acontece com milhares de pessoas fora dele. Não podemos aceitar isso jamais! Estamos com você vida. Meu orgulho!”, completou a ex-Mulher Samambaia.

Dentinho também fez questão de se pronunciar, dizendo: “Eu não queria comentar sobre o que aconteceu ontem, mas acho que não posso me calar diante de algo tão grave”.

“Eu estava fazendo uma das coisas que mais amo na minha vida, que é jogar futebol e, infelizmente, acabou sendo o pior dia da minha vida”, lamentou.

“Durante o jogo, por três vezes, a torcida adversária fez sons que lembravam macacos, sendo duas vezes direcionadas a mim. Essas cenas não saem da minha cabeça”, disse.

Alfinetada

Alexandre Pires provocou o presidente Jair Bolsonaro durante um show em Porto Alegre e mencionou o polêmico depoimento do porteiro que citou o nome do político na investigação sobre o assassinato da vereadora Marielle Franco.

Com direito a um piano no palco, com o microfone na mão e pronto para soltar a voz, o famoso fez uma piada para a plateia que muitos entenderam como um recado para o atual comandante do governo.

“Faça amizade com o seu porteiro, hein? Ele pode complicar sua vida”, aconselhou Alexandre para os fãs, que não seguraram o riso. O vídeo do momento foi compartilhado nas redes sociais.

Hospitalizada

Larissa Manoela revelou aos seus seguidores na noite desta terça-feira (12), que enfrentou um problema de saúde e que precisou se submeter a uma cirurgia para a retirada de uma pedra na vesícula.

A atriz, no ar em As Aventuras de Poliana, não escondeu detalhes do problema e contou, por exemplo, que enfrentou fortes dores por causa da enfermidade.

“Para quem não sabe recentemente tive uma crise muito forte e descobri uma pedrinha na vesícula”, revelou Larissa em sua conta no Twitter.

Para a alegria dos fãs, a pedra foi retirada após a cirurgia. “Mas agora já retirei ela e tá tudo bem, não vai me incomodar mais”, garantiu a contratada do SBT.

Radicalizou

Paolla Oliveira ainda nem encerrou as gravações da novela A Dona do Pedaço e já mudou o visual. Tal mudança se deve ao final da personagem Vivi Guedes.

A blogueira surpreenderá a todos ao surgir com os fios loiros nos próximos capítulos e o responsável pela mudança foi o cabeleireiro Getúlio Cruz.

O motivo da radicalização de Vivi Guedes é o fato da mocinha precisar fugir com Chiclete (Sergio Guizé) e querer dificultar o seu reconhecimento.

Segundo a colunista Patrícia Kogut, do jornal O Globo, a digital influencer acabará sendo sequestrada por Camilo (Lee Taylor) depois dessa fuga.

🔔Boletim RD1 | Notícias dos Famosos