“Pokémon” foi uma febre entre as crianças nos anos 2000 (Imagem: Divulgação)

Quem passou a infância assistindo desenhos animados nas manhãs da TV brasileira, vai se lembrar de alguns animes incríveis que marcaram gerações nos anos 2000. Muitos fãs, inclusive, ainda os assistem por plataformas on demand. A seguir, vamos relembrar cinco desenhos animados que marcaram época.

1 – Pokémon

“Temos que pegar! Temos que pegar!”. Embora criado no final da década de 1990, a série animada “Pokémon” teve muitos adeptos e conquistou toda uma geração nos anos 2000.

O anime japonês segue com temporadas até hoje, cativando muitas pessoas. Os pokémons são pequenos monstrinhos de bolso (Poke = bolso; Mons = monstros) capturados com pokébolas e que servem para batalhas na captura de outros monstrinhos.

O anime conta a trajetória de Ash e seus amigos, Brock e Misty, que tentam capturar pokémons e evitar que a Equipe Rocket, formada poe Jessie, James, Meowth (preparem-se para Encrenca. Encrenca em dobro!), roube o Pikachu – nome originado das onomatopeias japonesas de faísca (ピカ, pika) e do guincho de um rato (チュウ, chū), que davam, assim, a ideia de “rato elétrico”).

Exibido pela Record, dentro do programa “Eliana e Alegria”, o desenho conquistou bons índices de audiência nas manhãs da emissora, sendo um fenômeno e atingindo o primeiro lugar.

2 – Digimon

“Digimons, digitais, digimons são campeões!” Quem não se lembra dessa frase na abertura de “Digimon”? Criado em 1999, o desenho animado japonês “Digimon” apresentava monstrinhos digitais que digievoluíam.

Digimon apresenta um mundo digital acessível aos humanos. Os digimons vivem no intervalo desses mundos e podem escolher deus “donos” ou companheiros para lutas. Agumon, Patamon e Veemon são alguns dos monstrinhos que dominavam a telinha da Globo. Concorrente direto de “Pokémon”, “Digimon” foi trazido ao Brasil para tentar barrar o sucesso da turma de Ash e Pikachu, exibidos pela Record.

As batalhas emocionantes e aventuras incríveis conquistaram muitos fãs durante a exibição do anime durante a década de 2000.

3 – Samurai Jack

O poderoso “Samurai Jack” chegou ao Brasil em 2001 e logo conquistou o público na TV aberta (não-segmentada) e fechada (segmentada).

Jack se envolve em histórias incríveis com lutas emocionantes entre o bem e o mal. Quando pequeno, Jack viaja ao redor do mundo para aprender como lutar artes marciais para vencer o mestre das trevas, chamado de Abu, que pretende destruir a Terra.

Já adulto, o Samurai Jack está pronto para destruir o vilão das tretas usando uma espada mágica. Jack, então, é mandado para o futuro, onde Abu governa a Terra. Desse ponto, o herói volta ao passado para vencer o mestre das trevas e defender a Terra do mal.

4 – Coragem, o Cão Covarde

“Cachorro idiota!”. Lembrou-se da frase? Pois então, o desenho animado que fez parte do cotidiano de muitas crianças nos anos 2000 tem Eustácio gritando com seu pequeno cachorro, Coragem.

Produzido e transmitido pelo Cartoon Network, o desenho animado narra a história de Coragem, um cão que foi resgatado por Muriel quando ainda filhote. Ela vive com seu rabugento marido, Eustácio em Lugar Nenhum, em uma casinha bem longe de tudo, na cidade do Kansas, EUA.

Medroso, Coragem é um cachorro que vive várias situações tenebrosas em cada episódio do seriado para salvar Muriel de fantasmas, demônios e faraós.

Com 52 episódios em quatro temporadas, “Coragem, o Cão Covarde” trouxe muitos arrepios, mas conquistou o público por sua destemida vontade de proteger sua dona.

5 – Yu-Gi-Oh!

Criado em 1996, originário do mangá (revista japonesa que faz muito sucesso entre a cultura geek), “Yu-Gi-Oh!” teve sua versão feita em desenho animado e logo encantou fãs pela história.

Yugi traz a jogabilidade como hobby. Dentro todos os jogos, o favorito do protagonista é o quebra-cabeças egípcio dado por seu avô. Chamada de o Enigma do Milênio, a relíquia faz parte do Jogo das Trevas, uma disputa de faraós no Antigo Egito cujo poder destrutivo pode acabar com o mundo.

Quando Yugi consegue desvendar o segredo do jogo, um grande poder é liberado. A história mostra o duelo de monstros que são feitos para salvar o mundo das forças malignas.

Alguns desenhos da década de 2000 já terminaram há anos, mas os enredos viciantes e personagens marcantes com aberturas icônicas marcaram essa época.

Saiba Mais:

Chapolin Colorado: desastrado ou anti-herói? Descubra algumas curiosidades do seriado mexicano

Relembre 10 programas infantis que marcaram os anos 1980 e 1990 na TV brasileira

Confira 20 bordões que deram o que falar nas novelas brasileiras

Veja 14 personagens que saíram dos desenhos para a vida real

_____________________________________________

Reuber Diirr é jornalista formado pela Universidade Federal do Espírito Santo com especialidade no entretenimento de TV. Atuante em sites sobre Televisão, Reuber já passou por emissoras como a Record News Espírito Santo e a TV Gazeta, afiliada da Globo no ES. Curioso e ligado em assuntos nostálgicos, Reuber trará temáticas que relembrarão os meandros da televisão brasileira na coluna “TV Nostalgia”, publicada aos domingos no RD1. Siga-o no Twitter, Instagram, Facebook, Snapchat e YouTube em @reuberdiirr.

_____________________________________________

Recomendados para Você:

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Está opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!